Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologias e modelos de otimização aplicado aos sistemas elétricos do futuro

Processo: 13/23676-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Brasil
Vigência: 01 de março de 2014 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Pereira da Silva
Beneficiário:Luiz Carlos Pereira da Silva
Pesquisador visitante: Ruben Augusto Romero Lazaro
Inst. do pesquisador visitante: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Faculdade de Engenharia (FEIS), Brasil
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/01690-2 - Desenvolvimentos tecnológicos para a proteção, análise, supervisão e automação dos sistemas elétricos do futuro, AP.TEM
Assunto(s):Rede elétrica inteligente 

Resumo

Os recentes avanços tecnológicos dedicados aos sistemas elétricos de potência permitem que os sistemas de distribuição sejam beneficiados por investimentos em uma estrutura supervisionada, que explora o uso de avançados sistemas de monitoramento, comunicação e controle. Assim, os sistemas de distribuição, que por muito tempo foram conhecidos pelo baixo nível de monitoramento e automatização, têm integrado estas novas tecnologias tornando-se redes mais inteligentes. Como parte destes avanços e como um dos pivôs das redes inteligentes destacam-se os medidores inteligentes. Os medidores de energia tradicionais, que originalmente eram utilizados apenas para medição do consumo, passaram a integrar novas funções permitindo o acesso a informações adicionais em potencialmente em tempo (quase) real como, por exemplo, flutuação de tensão e interrupção de energia. Visando elevar o grau de inteligência das redes de distribuição e consequentemente melhorar a qualidade e a confiabilidade da energia fornecida, uma das medidas adotadas pelo governo brasileiro consiste em instalar cerca de 63 milhões de medidores inteligentes até o ano de 2021. Neste contexto, este projeto de pesquisa tem como objetivo desenvolver metodologias de otimização que explorem funções presentes (ou potencialmente presentes) nos medidores inteligentes para que informações úteis sejam extraídas e maior valor seja atribuído a esta tecnologia que tem sido o foco dos investimentos de muitas empresas dedicadas a sistemas elétricos de potência. Entre as aplicações que serão desenvolvidas pela pesquisa proposta, destacam-se importantes funções do Sistema de Gerenciamento da Distribuição como o controle Volt/Var, diminuição de perdas não técnicas e estimação de estado. (AU)