Busca avançada
Ano de início
Entree

Osteodiferenciação das células-tronco mesenquimais humanas associadas às proteínas do látex natural da seringueira Hevea Brasiliensis sobre scaffold de policaprolactona e ácido polilático (PCL/PLA) para xenoenxertia óssea

Processo: 13/20554-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2014 - 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marco Andrey Cipriani Frade
Beneficiário:Marco Andrey Cipriani Frade
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Carlos dos Santos ; Paulo Jorge da Silva Bártolo
Assunto(s):Dermatologia  Transplante heterólogo  Transplante ósseo  Células-tronco mesenquimais  Látex  Seringueira  Tecidos suporte  Osteogênese 

Resumo

Defeitos ósseos assumem importância na crescente prevalência de condições crônicas de saúde visto que fraturas e defeitos críticos deverão aumentar conforme o envelhecimento da população. O reparo ósseo depende de uma densa rede vascular que fornece oxigênio e nutrientes essenciais, sendo esta uma característica importante para o processo de regeneração do tecido. Os tratamentos convencionais necessitam de transplantes e abordagens extremamente invasivas, representando assim um desafio o desenvolvimento de novos tratamentos. Uma proposta promissora é a obtenção de tecidos complexos em laboratórios utilizando scaffolds, um veículo para o crescimento e diferenciação de células-tronco mesenquimais e fatores proteicos que permitam apropriada neovascularização e osteoindução para enxertia. A fração proteica F1 do soro do látex da seringueira Hevea brasiliensis apresenta importante atividade angiogênica e cicatrizante, baixo custo e de fácil obtenção, vantagens estas promissoras para sua utilização na engenharia de tecidos somadas à multipotencialidade das células-tronco mesenquimais. As células-tronco serão isoladas a partir de tecido adiposo humano, expandidas e caracterizadas imunofenotipicamente. Posteriormente as células serão inoculadas no scaffold de policaprolactona e ácido polilático (PCL/PLA) para cultivo na presença de meios de cultura normal e de diferenciação osteogênica com presença e ausência da fração F1 para estudo de adesão, viabilidade celular e diferenciação osteogênica. O crescimento tecidual e depósito de cálcio serão controlados por imagem de Ressonância Magnética e Tomografia computadorizada das amostras, respectivamente. Esses fragmentos serão implantados no modelo de regeneração óssea em calvárias de ratos, a fim de avaliar o potencial desse biomaterial como substituto ósseo. Assim, o objetivo deste trabalho será investigar em um estudo pré-clínico a interação da fração F1 do látex em cultura de células-tronco mesenquimais humanas derivadas do tecido adiposo (ADSCs) em scaffold de PCL/PLA para diferenciação osteogênica e sua eficácia e segurança quanto ao reparo ósseo para utilização em estudos clínicos futuros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAETANO, GUILHERME; WANG, WEIGUANG; MURASHIMA, ADRIANA; PASSARINI, JR., JOSE ROBERTO; BAGNE, LEONARDO; LEITE, MARCEL; HYPPOLITO, MIGUEL; AL-DEYAB, SALEM; EL-NEWEHY, MOHAMED; BARTOLO, PAULO; CIPRIANI FRADE, MARCO ANDREY. Tissue Constructs with Human Adipose-Derived Mesenchymal Stem Cells to Treat Bone Defects in Rats. MATERIALS, v. 12, n. 14 JUL 2 2019. Citações Web of Science: 1.
CAETANO, GUILHERME; VIOLANTE, RICARDO; SANT'ANA, ANA BEATRIZ; MURASHIMA, ADRIANA BATISTA; DOMINGOS, MARCO; GIBSON, ANDREW; BARTOLO, PAULO; FRADE, MARCO ANDREY. Cellularized versus decellularized scaffolds for bone regeneration. Materials Letters, v. 182, p. 318-322, NOV 1 2016. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.