Busca avançada
Ano de início
Entree

Os peixes neotropicais como indicadores de contaminação aquática

Processo: 13/50480-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2014 - 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Convênio/Acordo: CONICET
Pesquisador responsável:Renata Guimarães Moreira Whitton
Beneficiário:Renata Guimarães Moreira Whitton
Pesq. responsável no exterior: Fabiana Laura Lo Nostro
Instituição no exterior: Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50371-2 - Influência da antropização do ambiente na transferência trófica de ácidos graxos e na vitelogênese de peixes teleósteos, AP.R
Assunto(s):Ecotoxicologia  Poluição da água  Comportamento animal  Fisiologia da reprodução  Endocrinologia  Metabolismo animal  Peixes 

Resumo

Os ecossistemas aquáticos estão sendo fortemente afetados por atividades antrópicas, que trazem consequências prejudiciais para a biota, devido aos efeitos tóxicos sobre o desenvolvimento e a reprodução. Dentro deste contexto, merecem atenção especial as consequências da exposição dos organismos aos desreguladores endócrinos, substâncias químicas presentes no meio ambiente, capazes de interferir nas funções do sistema endócrino. Os países sul-americanos não estão isentos destes problemas, no entanto, as informações dos efeitos dos contaminantes sobre a fauna ictíca neotropical são pouco conclusivas para fundamentar ações de política pública de conservação, sendo prevalecente contribuir para a resolução dos efeitos de poluentes sobre a fisiologia reprodutiva de peixes. O objetivo da proposta é complementar os estudos dos grupos de pesquisa no Brasil e Argentina, para investigar o efeito dos poluentes como desreguladores endócrinos e do metabolismo, analisando a fisiologia e o comportamento reprodutivo de teleósteos que já vem sendo estudadas nos 2 países. A proposta visa entender a origem, a natureza e os mecanismos subjacentes às anormalidades da função reprodutiva causadas pela poluição, e contribuir na formação de pesquisadores no contexto integrado da ecotoxicologia, reprodução e comportamento animal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CAMPOS, MARIANA FRIAS; LO NOSTRO, FABIANA L.; DA CUNA, RODRIGO H.; MOREIRA, RENATA GUIMARDES. Endocrine disruption of phenanthrene in the protogynous dusky grouper Epinephelus marginatus (Serranidae: Perciformes). General and Comparative Endocrinology, v. 257, n. SI, p. 255-263, FEB 1 2018. Citações Web of Science: 2.
TOLUSSI, CARLOS E.; OLIO GOMES, ALINE D.; KUMAR, ANUPAMA; RIBEIRO, CRISTIELE S.; LO NOSTRO, FABIANA L.; BAIN, PETER A.; DE SOUZA, GABRIELA B.; DA CUNA, RODRIGO; HONJI, RENATO M.; MOREIRA, RENATA G. Environmental pollution affects molecular and biochemical responses during gonadal maturation of Astyanax fasciatus (Teleostei: Characiformes: Characidae). ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 147, p. 926-934, JAN 2018. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.