Busca avançada
Ano de início
Entree

História e literatura judaicas do período do Segundo Templo: comentários interdisciplinares sobre os manuscritos de Qumran

Processo: 13/50339-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de fevereiro de 2014 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Clarisse Ferreira da Silva
Beneficiário:Clarisse Ferreira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/26177-2 - Na pista da correta observância da lei: um estudo comparativo e diacrônico das raízes hebraicas d.r.a, d.r.kh e h.l.kh nos Manuscritos de Qumran, na Bíblia hebraica e na literatura rabínica, BP.IC
14/05544-1 - História e Literatura judaicas do período do Segundo Templo: comentários interdisciplinares sobre os Manuscritos de Qumran, BP.JP
Assunto(s):Israel  Judaísmo  Literaturas semíticas  Literatura hebraica  Estudos interdisciplinares 

Resumo

A descoberta em meados do século passado de centenas de manuscritos hebraicos e aramaicos datados do período, do Segundo Templo na região de Qumran, no deserto da Judeia, modificou por completo a nossa maneira de entender o Judaísmo pré-rabínico, que se mostrou muito mais multifacetado e ativo do que se imaginava até então. Uma literatura rica, composta em gêneros tão diversos como a poesia ou a apocalíptica, foi encontrada em onze grutas próximas a um conjunto de ruínas que muitos especialistas defendem ter sido o centro comunitário de uma seita judaica radical, que pretendia isolar-se da sociedade circundante, considerada corrupta. Em um momento de crise, quando o exército romano passava pelo deserto para alcançar Jerusalém e debelar a primeira Revolta Judaica, a comunidade é atacada e definitivamente destruída. Seus preciosos livros, muitos produzidos por seus próprios membros, ficaram praticamente esquecidos até mais uma vez verem a luz do dia, já em nossa era. É essa coleção de textos religiosos judaicos, sejam eles poéticos, litúrgicos, legais, sectários, sapienciais, apocalípticos ou exegéticos, que nos propomos a traduzir do original hebraico para o português e, por meio da análise textual comparativa e da bibliografia pertinente, construir comentários interdisciplinares que abarcarão questões históricas, paleográficas e filológicas. Fazemos, portanto, da coleção dos Manuscritos de Qumran o objeto de nossa própria coleção de textos traduzidos e comentados com o intuito de colaborar com a pesquisa da literatura judaica do período do Segundo Templo, produzindo comentários que, assim esperamos, possam não apenas elucidar os textos e seus contextos histórico-sociais, mas também propiciar novos estudos, temas e questionamentos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.