Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunização precoce de bezerros recém-nascidos para agentes virais envolvidos no complexo doença respiratória bovina

Processo: 13/50604-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2014 - 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Convênio/Acordo: CONICET
Pesquisador responsável:Viviani Gomes
Beneficiário:Viviani Gomes
Pesq. responsável no exterior: Marina Valeria Mosgovoj
Instituição no exterior: Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/02129-8 - Desenvolvimento da resposta imune específica em bezerros e sua influência na resposta vacinal ao vírus da diarréia viral bovina, AP.R
Assunto(s):Imunidade humoral  Imunização  Vírus da diarreia viral bovina  Herpesvirus bovino 1  Vírus sinciciais respiratórios  Bezerros 

Resumo

O objetivo desta pesquisa é investigar os mecanismos da resposta imunológica humoral e celular após a imunização precoce dos bezerros recém-nascidos, usando como modelo o vírus da diarreia viral bovina (VDVB), o herpes vírus bovino (BoHV-1) e o vírus respiratório sincicial bovino (BRSV). Para tanto, as mães serão imunizadas com vacina inativada para tais enfermidades no pré-parto e separadas dos bezerros imediatamente após o nascimento destes. Os bezerros (n=10) serão primovacinados com a mesma vacina utilizada nas vacas aos 14 dias pós-nascimento (p.n), sendo revacinados após 30 dias (Grupo 1). O Grupo 2 (n=10) será aquele composto por bezerros não vacinados, para a avaliação da imunidade colostral. Serão colhidas amostras de sangue dos bezerros antes da primo-vacinação (TO), antes da revacinação (T1) e 30 dias após a revacinação (T2). A equipe brasileira avaliará a resposta imune humoral pela mensuração de ACs para o BVDV e BoHV pela técnica de soroneutralização (SN). A resposta celular será avaliada pela imunofenotipagem e ativação das células T, além disso, será realizado cultivo das células mononucleares do sangue estimuladas com BoHV inativado para mensuração das citocinas IL-10 e interferon-gama (IFN-y), respectivamente. A equipe argentina realizará a mensuração de ACs para o BRSV... (AU)