Busca avançada
Ano de início
Entree

A cultura e as artes no regime militar: 50 anos do golpe

Resumo

Os dias 31 de março e 01 de abril de 2014 marcam cinquenta anos do começo de duas décadas do último regime autoritário no Brasil. Indubitavelmente, marcando estas datas serão realizadas reuniões, atos, seminários e outros eventos por todo o país e em vários centros de estudos brasileiros no exterior. Muitas das atividades vão se concentrar nos acontecimentos de 1964, seja nas dinâmicas internas que levaram às crises do começo dos anos 1960 ou nas interferências internacionais que levaram ao golpe do Estado. Outros eventos, provavelmente, vão analisar a situação econômica, política, social e cultural no Brasil ao longo dos anos de ditadura.O recorte deste colóquio ora apresentado é A cultura e artes no regime militar: 50 anos do golpe. Seu objetivo é estimular o debate a partir da vasta produção acadêmica e científica existente nos âmbitos da história, das ciências sociais, literatura e artes no Brasil. Discussões que se pautam pela construção da história e de uma memória do período que compreende 1964 a 1985. Adotando uma perspectiva interdisciplinar, em que a literatura, a música, o teatro, o cinema, as artes plásticas e demais produções culturais foram decisivas na construção de uma "resistência cultural" ao regime militar, o evento assume sua pertinente reflexão na ocasião dos cinquenta anos do golpe militar no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: