Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos locais e regionais na estrutura das comunidades de peixes em riachos do Alto Rio Paranapanema (SP)

Processo: 13/24737-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de março de 2014 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Mauricio Cetra
Beneficiário:Mauricio Cetra
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabio Cop Ferreira ; George Mendes Taliaferro Mattox ; Miguel Petrelli Junior
Assunto(s):Ecologia de comunidades  Ictiofauna  Processos ecológicos e ambientais  Metacomunidades  Conservação biológica  Fauna aquática   Rios 

Resumo

O conceito de metacomunidades incorpora a influência de fatores locais e regionais na estruturação das comunidades e tem subsidiado abordagens recentes relacionadas aos padrões de distribuição, abundância e interações entre espécies. Dentro deste conceito, o modelo species sorting assume que uma comunidade é governada somente por fatores locais, enquanto, o modelo mass effect a ocorrência de efeitos locais e regionais. Um sistema de riachos apresenta uma rede dendrítica hierárquica e para peixes de riachos, o processo de dispersão pelo canal revela a importância de fatores regionais sobre a estrutura de metacomunidades, enquanto a heterogeneidade de hábitats age localmente, podendo revelar limites entre as metacomunidades. Distinguir estas comunidades é de grande interesse para propósitos conservacionistas e na definição de estratégias de biomonitoramento. O presente estudo tem como objetivo verificar se existe a formação de metacomunidades e quais modelos explicam esta estrutura. O estudo será realizado em 13 micro-bacias pertencentes a Bacia do Alto Rio Paranapanema. As coletas da ictiofauna serão realizadas pelo método de pesca elétrica durante o período seco. Serão amostrados trechos de riachos na foz e nas cabeceiras das microbacias buscando padrões na estrutura física e biológica dos trechos de riachos levando em consideração a posição do trecho dentro de cada microbacia e a posição da microbacia dentro da bacia hidrográfica, ou seja, a distância da microbacia à foz do Rio Paranapanema. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.