Busca avançada
Ano de início
Entree

Biossegurança: manutenção do ambiente odontológico biologicamente seguro

Resumo

As clínicas odontológicas são consideradas áreas críticas, ambientes de elevado risco de transmissão microbiana. Sobremaneira, os aerossóis gerados de equipamentos rotatórios e de periféricos contribuem como fontes potenciais de contaminação, agravadas pela carga alarmante de microrganismos presentes na água de equipos odontológicos. A explicação para este fenômeno é atribuída ao design/geometria do sistema de distribuição de água dos equipos e a capacidade espetacular dos microrganismos em formar estruturas altamente complexas e resistentes aos agentes antimicrobianos denominadas de biofilmes. Os biofilmes representam uma comunidade / consórcio / cadeia alimentar de microrganismos protegida / embutida por meio de substâncias poliméricas extracelulares, e se formam em superfícies sólidas, funcionando como um verdadeiro "sistema amplificador e transmissor" de contaminação microbiana. Assim, o objetivo geral deste projeto é propor a implementação de procedimentos de biossegurança: controle de contaminação/infecção, visando à manutenção de um ambiente odontológico biologicamente seguro; subsidiados na área da microbiologia e físico-química; e, consequentemente vencer os desafios associados à exposição microbiana. Para a avaliação da contaminação das clínicas odontológicas empregar-se-á como equipamentos analíticos: sistema de monitoramento microbiológico do ar e fonte de luz ultravioleta (UV) para detecção dos locais de limpeza negligenciados. Ainda, o desenvolvimento de produto inovador com aplicabilidade potencial para o controle do biofilme linha d´água de equipos odontológicos será analisado com auxílio de leitor multimodal de varredura espectral e microscópio de fluorescência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)