Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da atividade de chalconas no controle de biofilmes bacterianos

Processo: 13/21642-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2014 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Marcia Nitschke
Beneficiário:Marcia Nitschke
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Andre Luiz Meleiro Porto
Assunto(s):Substâncias bioativas  Anti-infecciosos  Biofilmes  Chalconas 

Resumo

Os biofilmes constituem uma forma de crescimento que permite a maior sobrevivência e resistência de microrganismos a agentes de controle como antibióticos e desinfetantes. Apesar da grande disponibilidade de agentes antimicrobianos no mercado, há escassez de produtos específicos e efetivos na erradicação/inibição de biofilmes. Muitas bactérias formadoras de biofilmes estão diretamente associadas a doenças como a fibrose cística (Pseudomonas aeruginosa) e a cárie dentária (Streptococcus mutans) portanto a busca de moléculas eficientes de controle de biofilmes poderiam servir de base para o desenvolvimento de novas estratégias de tratamento. As chalconas naturais e seus derivados sintéticos são moléculas com potencial atividade anti-biofilme, porém ainda pouco exploradas. O projeto pretende avaliar o potencial de chalconas e derivados sintéticos de flavanonas e flavananois no controle e erradicação de biofilmes de P. aeruginosa e S. mutans. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MATOS, IARA LISBOA; NITSCHKE, MARCIA; MELEIRO PORTO, ANDRE LUIZ. Hydrogenation of Halogenated 2-Hydroxychalcones by Mycelia of Marine-Derived Fungus Penicillium raistrickii. MARINE BIOTECHNOLOGY, v. 21, n. 3, p. 430-439, JUN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.