Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação do inflamassoma NLRP3 e das citocinas da família da IL-1 na resposta inflamatória induzida pelos fungos patogênicos Paracoccidioides brasiliensis e Candida albicans

Processo: 13/24286-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2014 - 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Ronei Luciano Mamoni
Beneficiário:Ronei Luciano Mamoni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Prefeitura Municipal de Jundiaí. Jundiaí , SP, Brasil
Assunto(s):Micoses  Candida albicans  Paracoccidioides brasiliensis  Resposta inflamatória  Inflamassomos  Interleucina-1 

Resumo

Atualmente as infecções fúngicas se destacam entre as doenças mais importantes em nosso meio. Dentre as micoses sistêmicas, a causada Candida albicans se destaca como infecção oportunista, enquanto que a paracoccidioidomicose (PCM), causada pelo Paracoccidioides brasiliensis, é a mais importante entre os indivíduos imunocompetentes. Os estudos sobre a resposta imunológica contra essas infecções, particularmente a PCM, ainda são escassos, principalmente no que diz respeito aos eventos iniciais. A resposta inflamatória é de extrema importância para a contenção dessas doenças, contudo, a sua exacerbação leva a danos teciduais, e desequilíbrio da resposta imunológica. Essa resposta inflamatória é iniciada pelo reconhecimento das células fúngicas por receptores expressos por células do sistema imunológico inato. Recentemente, foi descrito uma nova família de receptores (receptores do tipo NOD ou NLRs), envolvidos no reconhecimento de moléculas expressas por patógenos e sinais de estresse produzidos durante a infecção ou dano celular. Alguns NLRs participam da formação de um complexo multiproteico denominado inflamassoma que ativa a caspase-1, que é responsável pela produção das formas ativas de duas importantes citocinas inflamatórias: a IL-1beta e a IL-18. Dentre os NLRs, o NLRP3 foi associado ao reconhecimento de fungos patogênicos como a C. albicans e o Aspergillus fumigatus em modelos experimentais, atuando em conjunto com o TLR2 e a dectina-1. Contudo, na PCM, não existem estudos quanto ao papel desses receptores, apesar de algumas evidências indicarem sua participação, principalmente na produção de IL-1beta e de IL-18, encontradas em grande quantidade em lesões e na circulação periférica de pacientes com a doença. Além disso, apesar dos estudos em modelos experimentais indicarem que os NLRs participam da resposta contra C. albicans, os dados com células humanas ainda são bastante inconsistentes. Este projeto tem como objetivo investigar o envolvimento do NLRP3 na ativação da resposta inflamatória de macrófagos e DCs humanas em resposta ao P. brasiliensis, e determinar de que maneira esses receptores influenciam no desenvolvimento da resposta adaptativa frente a estímulos com P. brasiliensis e C. albicans. Dessa forma, esse estudo pode contribuir para expandir o conhecimento sobre a função dos NLRs e seu papel na resposta inicial a patógenos, não apenas na PCM, mas também em outras infecções fúngicas sistêmicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CASTRO, LIVIA FURQUIM; ALEGRINI LONGHI, LARISSA NARA; PAIAO, MUNIR REGINI; JUSTO-JUNIOR, AMAURI DA SILVA; DE JESUS, MARCELO BISPO; DE SOUZA LIMA BLOTTA, MARIA HELOISA; MAMONI, RONEI LUCIANO. NLRP3 inflammasome is involved in the recognition of Paracoccidioides brasiliensis by human dendritic cells and in the induction of Th17 cells. Journal of Infection, v. 77, n. 2, p. 137-144, AUG 2018. Citações Web of Science: 2.
ROCHA MOREIRA ALVES, ANDRE BUENO; DAVID, MURILO AMATO; DE CASTRO, LIVIA FURQUIM; DA SILVA, ROSIANE MARIA; LONGHI, LARISSA NARA ALEGRINI; DE SOUZA LIMA BLOTTA, MARIA HELOISA; MAMONI, RONEI LUCIANO. Differential production of interleukin-1 family cytokines (IL-1 beta, IL-18, IL-33 and IL-37) in patients with paracoccidioidomycosis: correlation with clinical form and antifungal therapy. Medical Mycology, v. 56, n. 3, p. 332-343, APR 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.