Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo geocronológico - isotópico e evolução petrogenética do magmatismo do domínio Mongaguá - terreno costeiro - extremo se do Estado de São Paulo

Processo: 13/24316-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2014 - 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Cláudia Regina Passarelli
Beneficiário:Cláudia Regina Passarelli
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Gergely Andres Julio Szabó ; Maria Irene Bartolomeu Raposo ; Miguel Angelo Stipp Basei ; Oswaldo Siga Junior
Bolsa(s) vinculada(s):15/01440-0 - Treinamento em técnicas de preparação de amostras para Geocronologia U/Pb, BP.TT
Assunto(s):Geoquímica isotópica  Geotectônica  Geocronologia  Petrogenética  Rochas graníticas  Rochas gnáissico-migmatíticas 

Resumo

O Cinturão Ribeira sul compreende grandes domínios tectônicos limitados por significativas zonas de cisalhamento. O Terreno Costeiro, no estado de São Paulo, está representado por rochas do Domínio Mongaguá e limita-se através da Zona de Cisalhamento Itariri, de caráter sinistral, do Terreno Registro/Curitiba. O plano de pesquisa ora apresentado tem como meta principal assinalar a evolução crustal e consequente caracterização petrogenética de rochas graníticas e gnáissico-migmatíticas pertencentes ao Terreno Costeiro, constituinte do domínio oriental da porção sul do Cinturão Ribeira. Para tal, será utilizada como principal ferramenta a sistemática U-Pb e Lu-Hf em zircões, embasada nos estudos petrográficos e geoquímicos. A região proposta para o desenvolvimento do projeto de pesquisa já foi objeto de estudo do doutorado da proponente, e diversas questões ainda permanecem em aberto. Constitui-se de compartimento tectônico limitado por expressivas zonas de cisalhamento (? suturas) e representa uma área fundamental à compreensão do quadro geotectônico da região sudeste brasileira, pois oferece oportunidade de correlação entre os terrenos tectônicos localizados mais a sul, como Paranaguá, e mais a norte, pertencentes à Microplaca Serra do Mar, correlações estas que representam ainda questões em aberto. As diferentes técnicas in situ em minerais que se pretende aplicar em amostras de áreas-chave deste terreno permitirão um aprimoramento do quadro geocronológico e isotópico da área e uma melhor caracterização de suas unidades litológicas. Consequentemente, discussões importantes como o significado tectônico do Domínio Mongaguá no Terreno Costeiro bem como sua correlação com outros domínios tectônicos serão promovidas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PASSARELLI, CLAUDIA R.; VERMA, SANJEET K.; MCREATH, IAN; BASEI, MIGUEL A. S.; SIGA, JR., OSWALDO. Tracing the history from Rodinia break-up to the Gondwana amalgamation in the Embu Terrane, southern Ribeira Belt, Brazil. LITHOS, v. 342, p. 1-17, OCT 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.