Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistema de retinografia digital não midriática para triagem e acompanhamento de grupos de risco de retinopatia diabética e glaucoma

Processo: 12/50956-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de junho de 2014 - 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Jarbas Caiado de Castro Neto
Beneficiário:Jarbas Caiado de Castro Neto
Empresa:Opto Eletrônica S/A
Município: São Carlos
Bolsa(s) vinculada(s):15/19565-3 - Desenvolvimento de sistema de retinografia digital não midriática para triagem e acompanhamento de grupos de risco de retinopatia diabética e glaucoma, BP.TT
Assunto(s):Retina  Equipamentos e provisões hospitalares  Exames médicos  Glaucoma  Retinopatia diabética 

Resumo

Este trabalho propõe a pesquisa de soluções e desenvolvimento de um retinógrafo não midriático utilizando arquitetura optomecânica inédita, formada pela junção da arquitetura tradicional de retinógrafos sem polarizadores com um sistema de iluminação que utiliza um dispositivo de fibras ópticas patenteado pela Opto Eletrônica posicionado em um arranjo inovador. Esta proposta tem potencial de gerar um equipamento de boa qualidade e baixo custo, com excelente eficiência óptica e durabilidade, viabilizando sua utilização em projetos de triagem e acompanhamento de pacientes com glaucoma e retinopatia diabética, doenças que, se não tratadas adequadamente, podem levar à cegueira irreversível. A proposta contempla a modelagem, prototipagem e testes dos sistemas de iluminação e captação de imagens, de auto-foco, matriz interna de posicionamento do olho, de indicação da posição de trabalho e outros complementares a serem avaliados. Primeiramente serão construídas provas de conceito, visando comprovar as hipóteses sugeridas e, em seguida, um modelo de engenharia, que integra todas as soluções em um protótipo, permitindo a realização de avaliações completas de funcionalidade. Com isto, espera-se que este trabalho gere subsídios para o futuro desenvolvimento de um modelo de produção de retinógrafo não midriático com preço de venda estimado em R$ 60.000,00, viável para utilização em pequenas clínicas e centros de triagem de grupos de risco de retinopatia diabética e glaucoma, tanto no Brasil quanto no exterior. (AU)