Busca avançada
Ano de início
Entree

Funções eco-hidrológicas de florestas ripárias em gradientes de intensidade de manejo agrícola da paisagem

Processo: 13/22679-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2014 - 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Beneficiário:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/12185-0 - Construção de banco de dados cartográfico para microbacias estudadas, BP.TT
14/14365-3 - Construção de banco de dados cartográfico para microbacias estudadas, BP.TT
Assunto(s):Hidrologia de floresta  Recursos hídricos  Rios  Sedimentos  Ecologia da paisagem  Manejo florestal 

Resumo

A vegetação florestal é o componente vegetal de maior influência hidrológica, a qual passa a ser o componente biótico da paisagem de maior importância para a conservação dos processos hidrológicos em uma microbacia. Para descrever o papel da floresta nos processos hidrológicos, é necessário entender as funções específicas que a mesma pode oferecer, as quais fazem parte do conjunto de seus serviços ecossistêmicos. A floresta ripária exerce reconhecidamente um papel importante para garantir alguns processos eco-hidrológicos que são fundamentais para a conservação dos recursos hídricos. No entanto, nossa hipótese é de que as florestas ripárias inseridas em agroecossistemas apresentam capacidade limitada de garantir os processos eco-hidrológicos, em função de seu status de conservação, proporção e da intensidade de manejo efetuada na matriz agricola/florestal. Nesta proposta pretendemos investigar o papel de florestas ripárias em diferentes condições na mitigação de efeitos da matriz agrícola/florestal. Serão utilizadas 3 áreas de estudo em Piracicaba, Itatinga e Paragominas referentes às matrizes de cana-de-açúcar, eucalipto e pastagem, onde já existem infraestrutura de coleta de dados hidrológicos / ecológicos em microbacias. Serão avaliadas as principais funções mitigadoras da floresta ripária referentes aos impactos da atividade agrícola/florestal. Assim, na cana-de-açucar será avaliada a entrada de nutrientes e sedimentos, na matriz eucalipto será avaliada a regulação hidrológica e dinâmica de sedimentos, e na pastagem, a entrada de material orgânico no ecossistema aquático. Em todas as matrizes será avaliado o metabolismo do riacho, sendo que outras funções eco-hidrológicas serão avaliadas nos diferentes ecossistemas buscando entender o desempenho da floresta ripária em cada matriz, bem como elaborar um modelo teórico sobre a capacidade de mitigação de efeitos da matriz em função do aumento da intensidade de manejo. Os resultados poderão ser úteis para entender melhor o papel da floresta ripária em agroecossistemas e como a legislação e programas de restauração florestal poderão contribuir para a mitigação de efeitos da matriz. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE BARROS FERRAZ, SILVIO FROSINI; RODRIGUES, CAROLINA BOZETTI; GARCIA, LARA GABRIELLE; ALVARES, CLAYTON ALCARDE; LIMA, WALTER DE PAULA. Effects of Eucalyptus plantations on streamflow in Brazil: Moving beyond the water use debate. FOREST ECOLOGY AND MANAGEMENT, v. 453, DEC 1 2019. Citações Web of Science: 0.
CESAR, RICARDO G.; MORENO, VANESSA S.; COLETTA, GABRIEL D.; CHAZDON, ROBIN L.; FERRAZ, SILVIO F. B.; DE ALMEIDA, DANILO R. A.; BRANCALION, PEDRO H. S. Early ecological outcomes of natural regeneration and tree plantations for restoring agricultural landscapes. Ecological Applications, v. 28, n. 2, p. 373-384, MAR 2018. Citações Web of Science: 9.
TANIWAKI, RICARDO H.; FORTE, YURI A.; SILVA, GABRIELA O.; BRANCALION, PEDRO H. S.; COGUETO, CAROLINE V.; FILOSO, SOLANGE; FERRAZ, SILVIO F. B. The Native Vegetation Protection Law of Brazil and the challenge for first-order stream conservation. PERSPECTIVES IN ECOLOGY AND CONSERVATION, v. 16, n. 1, p. 49-53, JAN-MAR 2018. Citações Web of Science: 6.
TANIWAKI, RICARDO HIDEO; CASSIANO, CARLA CRISTINA; FILOSO, SOLANGE; DE BARROS FERRAZ, SILVIO FROSINI; DE CAMARGO, PLINIO BARBOSA; MARTINELLI, LUIZ ANTONIO. Impacts of converting low-intensity pastureland to high-intensity bioenergy cropland on the water quality of tropical streams in Brazil. Science of The Total Environment, v. 584, p. 339-347, APR 15 2017. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.