Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da ensilagem do milho úmido ou reidratado e da inoculação com L. buchneri sobre as características do amido e o desempenho de bovinos de corte confinados

Processo: 13/16720-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2014 - 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Gustavo Rezende Siqueira
Beneficiário:Gustavo Rezende Siqueira
Instituição-sede: Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Flávio Dutra de Resende
Bolsa(s) vinculada(s):16/02488-9 - Influência da ensilagem do milho úmido ou reidratado e da inoculação com L. buchneri sobre as características do amido e o desempenho de bovinos de corte confinados, BP.TT
15/13670-0 - Influência da ensilagem do milho úmido ou reidratado e da inoculação com L. buchneri sobre as características do amido e o desempenho de bovinos de corte confinados, BP.TT
14/18987-9 - Influência da ensilagem do milho úmido ou reidratado e da inoculação com L. buchneri sobre as características do amido e o desempenho de bovinos de corte confinados, BP.TT
Assunto(s):Bovinos de corte  Gado Nelore  Digestão animal  Digestibilidade  Ensilagem  Milho  Inoculantes agrícolas  Lactobacillus 

Resumo

O milho é o principal grão utilizado nas dietas de confinamento. No Brasil o tipo de milho predominante é o flint que apresenta alta vitreosidade, o que reduz sua digestibilidade. O processamento do milho por ensilagem dos grãos com alta umidade aumenta sua digestibilidade por promover proteólise da matriz proteica. Novas técnicas como a reidratação do milho seco para posterior ensilagem vêm sendo praticada, porém há poucos estudos científicos. Outro aspecto é que silagens de grãos de milho apresentam alta susceptibilidade à deterioração aeróbia. Desta forma será proposto um trabalho para avaliar o uso de inoculantes sobre a estabilidade aeróbia das silagens de milho com alta umidade ou reidratado, bem como o efeito destas técnicas sobre a digestibilidade do amido, desempenhos e parâmetros ruminais de bovinos confinados, comparados a dietas contendo milho moído. Sendo para isso realizado quatro experimentos. Os dois primeiros avaliarão a eficiência do uso de inoculantes sobre a estabilidade aeróbia e perdas na silagem, e da ensilagem sobre as alterações das características do grão, utilizando silos experimentais pequenos e silos bag de grande escala. O terceiro experimento será constituído de uma avaliação de desempenho de animais confinados em baias coletivas, avaliando a eficiência alimentar e digestibilidade do amido em 280 bovinos Nelore alimentados com dietas ricas em grãos provenientes das silagens do experimento 2 e milho seco moído. Para parâmetros ruminais (experimento quatro) serão utilizados 10 animais fistulados no rúmen e duodeno, sendo avaliado também digestibilidade total e parcial do amido, balanço de nitrogênio e produção de proteína microbiana. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, NAIARA C.; NASCIMENTO, CLEISY F.; CAMPOS, VINICIUS M. A.; ALVES, MICHELE A. P.; RESENDE, FLAVIO D.; DANIEL, JOAO L. P.; SIQUEIRA, GUSTAVO R. Influence of storage length and inoculation with Lactobacillus buchneri on the fermentation, aerobic stability, and ruminal degradability of high-moisture corn and rehydrated corn grain silage. ANIMAL FEED SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 251, p. 124-133, MAY 2019. Citações Web of Science: 1.
DA SILVA, N. C.; NASCIMENTO, C. F.; NASCIMENTO, F. A.; DE RESENDE, F. D.; DANIEL, J. L. P.; SIQUEIRA, G. R. Fermentation and aerobic stability of rehydrated corn grain silage treated with different doses of Lactobacillus buchneri or a combination of Lactobacillus plantarum and Pediococcus acidilactici. JOURNAL OF DAIRY SCIENCE, v. 101, n. 5, p. 4158-4167, MAY 2018. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.