Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo metabolômico do suco de laranja em humanos: caracterização dos biomarcadores decorrentes de sua ingestão

Processo: 13/19665-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2014 - 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Franco Maria Lajolo
Beneficiário:Franco Maria Lajolo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Jarlei Fiamoncini ; Neuza Mariko Aymoto Hassimotto ; Vanessa Moreira
Assunto(s):Metabolômica  Biodisponibilidade  Biomarcadores  Flavonoides  Sucos de frutas  Laranja 

Resumo

Os benefícios à saúde promovidos por dietas ricas em frutas e hortaliças são, geralmente, associados à prevenção do desenvolvimento de diversas doenças, tais como as doenças de natureza cardiovascular, inflamatória e câncer. Este efeito está diretamente relacionado aos componentes fitoquímicos, caracterizados, particularmente, pelos compostos fenólicos presentes em plantas e/ou alimentos de origem vegetal, devido à sua capacidade antioxidante. Pesquisas relativas ao mecanismo de ação destes compostos demonstraram que, além de exercerem efeitos de scavengers de radicais livres, estas moléculas têm grande capacidade de modularem várias vias metabólicas e a sinalização celular. Entre as frutas mais comuns, consumidas na dieta brasileira e ricas em compostos fenólicos, especialmente os flavonoides, destacam-se as frutas cítricas, como a laranja, a tangerina e o limão. Até o presente, sabe-se que um ou mais tipos de flavonoides presentes nestas frutas podem ser responsáveis pelos efeitos benéficos conhecidos, proporcionados pelo consumo diário destes fitoquímicos. No entanto, este conhecimento ainda é muito escasso devido à aplicação de modelos de estudos limitados, como estudos experimentais in vitro, que não permitem a ampla avaliação da resposta bioquímica em um organismo complexo. Recentemente, a abordagem metabolômica foi proposta como uma ferramenta útil, por ampliar o entendimento da relação complexa entre nutrição, compostos bioativos e metabolismo humano. Os estudos metabolômicos favorecem a análise do perfil de formação de metabólitos, após a ingestão diária de determinados compostos fitoquímicos, relacionando-os aos fatores genéticos, fisiológicos e/ou ambientais, além do impacto, destes produtos, sobre as diversas vias metabólicas de um organismo. Diante do exposto, utilizando-se a abordagem metabolômica para ampliar o conhecimento da potencialidade dos compostos bioativos presentes nas frutas cítricas, o objetivo deste estudo é identificar e caracterizar as flavononas, grupo de flavonoides presentes na laranja, bem como determinar o impacto da ingestão destes compostos sobre as diversas vias metabólicas humanas. Ainda, espera-se identificar compostos que, além de fornecer informações a respeito do metabolismo deste grupo de compostos, possam servir de biomarcadores relacionados ao seu consumo. (AU)