Busca avançada
Ano de início
Entree

Materialismo e evolucionismo III: evolução e acaso na hominização

Processo: 14/03672-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de maio de 2014 - 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Epistemologia
Pesquisador responsável:Itala Maria Loffredo D'Ottaviano
Beneficiário:Itala Maria Loffredo D'Ottaviano
Instituição-sede: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Evolução humana  Filogenia  Homo sapiens  Primatas  Acaso 

Resumo

Qual o peso do acaso na linha de evolução que levou ao Homo sapiens? As populações de primatas não tinham o projeto de se hominizar; entretanto, há uma lógica objetiva que levou algumas delas a passar da condição arborícola à bipedia, desta à liberação e especialização da mão, a qual, em sinergia intensa com o desenvolvimento do cérebro, conduziu sucessivamente aos hominídeos, ao homo e ao homo sapiens. Nove participantes do seminário "Evolução e acaso na hominização", (CLE e IFCH/Unicamp, outubro de 2011) expõem e discutem esse tema central em diversas perspectivas teóricas: filosofia, biologia, primatologia, antropologia, bioética, ecologia. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.