Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de dispositivo de amostragem multinível para áreas contaminadas

Processo: 13/50626-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2014 - 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Nilton Silva
Beneficiário:Nilton Silva
Empresa:TEC3GEO Geotecnologias para o Meio Ambiente Ltda. - ME
Município: São Paulo
Pesquisadores principais:Selma Isabel Rodrigues ; Sergio Junior da Silva Fachin
Bolsa(s) vinculada(s):14/14251-8 - Desenvolvimento de dispositivo de amostragem para áreas contaminadas, BP.PIPE
14/10388-9 - Desenvolvimento de dispositivo de amostragem para áreas contaminadas, BP.PIPE
Assunto(s):Geoquímica  Hidrogeologia  Contaminação  Contaminantes químicos da água 

Resumo

O presente projeto tem como objetivo o desenvolvimento de Dispositivos de Amostragem Multinível em terrenos contaminados (água e gás), com capacidade de coleta em diferentes profundidades ao longo de um poço de monitoramento. Os dispositivos serão construídos no regime de empresa Incubada, segundo um modelo básico com registro de patente depositado no INPI (processo no. 2012.1.627.14.7). A viabilidade técnica do modelo foi estabelecida numa fase Inicial (veja anexos III e III), o que justifica a proposição deste projeto como PiPE Fase II diretamente. Este modelo utiliza tubos de amostragem, conectados a um tubo estrutural, que se estendem continuamente desde a superfície até pontos de coleta em profundidade. As terminações em profundidade são revestidas por filtros que permitem a passagem dos fluidos de poro quando a terminação do tubo de amostragem em superfície é aspirada (bomba de sucção ou seringa). Nos modelos a serem desenvolvidos entre 15 e 17 pontos em profundidade podem ser amostrados. Na de coleta de amostras, um procedimento em circuito fechado, utilizando seringas e torneiras de três vias, permite o envasamento da amostra sem que haja contato com o ar ou exposição direta do operador. Este procedimento garante a integridade das amostras (não expostas à atmosfera) e a segurança da equipe de amostragem (não exposição a substâncias nocivas). Sensores para análise de gás ou parâmetros físico-químicos podem ser instalados diretamente nas terminações do dispositivo em superfície, permitindo a caracterização do meio contaminado ainda em condições de campo. A separação dos elementos de sustentação estrutural e de amostragem permite que os dispositivos possam ser montados em diferentes configurações dependendo da profundidade a ser amostrada, separação entre os pontos de amostragem e características gerais do terreno ou problema a ser Investigado. O tubo estrutural tem caráter modular, com módulos contendo filtros em posições pré-definidas, cada filtro com guias para a passagem ou conexão para os tubos de amostragem. Procedimentos convencionais de amostragem permitem que apenas um nível em profundidade seja amostrado por poço; a amostragem em três níveis exige a perfuração de três poços. Dispositivos para a Amostragem Multinível existentes no mercado são Importados e permitem amostragem entre sete e dez pontos em profundidade. Além do maior número de pontos de amostragem, o Dispositivo de Amostragem Multinível desenvolvido neste projeto apresenta vantagens em termos de instalação e operação. O Impacto social das possíveis aplicações dos produtos que resultarão deste projeto são significativos. Com desdobramentos diretos e indiretos na qualidade de vida e saúde tanto de populações em áreas sujeitas à contaminação geoambiental (águas de consumo e emanação de gases) quanto de controle e caracterização de passivos ambientais. (AU)