Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção precoce de alterações cognitivas preditivas da Doença de Alzheimer por meio da análise da movimentação ocular

Processo: 13/23135-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2014 - 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Orestes Vicente Forlenza
Beneficiário:Orestes Vicente Forlenza
Instituição-sede: Instituto de Psiquiatria Doutor Antonio Carlos Pacheco e Silva (IPq). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/05696-9 - Investigação técnica da tecnologia de eye-tracking sincronizada a sensores fisiológicos, como suporte a identificação de alterações incipientes na Doença de Alzheimer (DA), BP.TT
Assunto(s):Neuropsicologia cognitiva  Diagnóstico precoce  Doença de Alzheimer  Comprometimento cognitivo leve  Medições dos movimentos oculares 

Resumo

Contexto: Novas tecnologias baseadas no uso de biomarcadores fornecem evidências in vivo dos processos patogênicos cerebais que caracterizam a doença de Alzheimer (DA). Destacam-se os marcadores liquóricos e de imagem cerebral, que podem indicar a presença dessas alterações em indivíduos oligossintomáticos, caracterizando a DA pré-demencial. No entanto, o uso clínico destas tecnologias é limitado pelo alto custo e/ou dependência de procedimentos invasivos, justificando a pesquisa de marcadores baseados em métodos não-invasivos a custos razoáveis. A análise do movimento ocular por meio de dispositivos de eye-tracking (ET) pode evidenciar padrões comportamentais e cognitivos em indivíduos com transtornos neuropsíquicos. Hipotetizamos que existe um padrão específivo de movimentação ocular, subjacente ao comprometimento primário da memória, que pode ser captado pelo ET durante a testagem neuropsicológica. Objetivos: (1) descrever o perfil de movimentação ocular associado aos déficits cognitivos em pacientes com comprometimento cognitivo leve amnéstico (CCL) e DA; (2) determinar as alterações da motricidade ocular relacionadas aos déficits de memória episódica e aprendizagem; (3) determinar a contribuição desses parâmetros na identificação dos casos de CCL com maior risco de demência. Métodos: Idosos saudáveis e com diferentes graus de comprometimento cognitivo (DA e CCL) serão avaliados segundo protocolo clínico, neuropsicológico e funcional, seguido da punção lombar para determinação de biomarcadores no LCR e aquisição de imagens por ressonância magnética. Em seguida, os participantes serão submetidos à análise da movimentação ocular pelo ET. Os dados serão avaliados em corte transversal à luz de outras variáveis clínicas, neuropsicológicas e biológicas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.