Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da satirização entre Aedes aegypti e Aedes albopictus no Brasil

Processo: 13/10481-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2014 - 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Martins Ribolla
Beneficiário:Paulo Eduardo Martins Ribolla
Instituição-sede: Instituto de Biotecnologia (IBTEC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Diego Peres Alonso
Assunto(s):Vetores de doenças  Aedes aegypti  Aedes albopictus  Dengue  Competição animal  Reprodução animal  Transcriptoma  Cruzamentos genéticos 

Resumo

Aedes aegypti e Aedes albopictus são vetores de arboviroses e disputam o mesmo nicho ecológico. Entre essas duas espécies há deslocamento competitivo, e comumente verifica-se uma expansão populacional de A. albopictus em paralelo com um significativo declínio da população de A. aegypti. Existem muitos mecanismos de deslocamento competitivo, e recentemente estudos provaram que a satirização (uma forma de interferência reprodutiva) leva o deslocamento reprodutivo de A. aegypti por A. albopictus. Fêmeas de A. aegypti satirizadas por machos de A. albopictus, tornam-se refratárias a cruzamento intraespecíficos, além disto, o cruzamento entre essas duas espécies não produz prole viável. Esse deslocamento, favorável a população de A. albopictus, causa uma perda reprodutiva drástica para fêmeas de A. aegypti satirizadas, portanto, é prevista uma seleção para o isolamento prezigótico em populações de A. aegypti simpátricas com A. albopictus. O presente projeto visa observar a satirização entre A. aegypti e A. albopictus no município de Botucatu, São Paulo, Brasil; e através da análise do transcriptoma, em larga escala, esclarecer as bases moleculares desse mecanismo de deslocamento. O estudo tem grande importância epidemiológica, uma vez que ambas espécies foram introduzidas no Brasil, e são responsáveis pela transmissão de uma grave doença no país, a dengue. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALONSO, DIEGO PERES; CAMPOS, MELINA; TROCA, HEITOR; KUNII, RAFAEL; TRIPET, FREDERIC; MARTINS RIBOLLA, PAULO EDUARDO. Gene expression profile of Aedes aegypti females in courtship and mating. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, OCT 29 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.