Busca avançada
Ano de início
Entree

O impacto do tratamento da apneia obstrutiva do sono com aparelho de pressão aérea positiva contínua sobre a percepção da idade e aparência: um estudo prospectivo, randomizado, cruzado e placebo controlado

Processo: 13/14025-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2014 - 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Rogério Santos da Silva
Beneficiário:Rogério Santos da Silva
Instituição-sede: Núcleo Interdisciplinar da Ciência do Sono (NICS). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Geraldo Lorenzi Filho
Assunto(s):Privação de sono  Apneia obstrutiva do sono  Respiração com pressão positiva  Placebos 

Resumo

A aparência e percepção de idade são extremamente valorizadas em nossa sociedade. Um estudo recente demonstrou que a privação de sono provoca uma aparência cansada e menos atraente e saudável. A apneia obstrutiva do sono (AOS) também provoca cansaço e sonolência, porém não existem estudos avaliando o impacto do tratamento sobre a aparência dos pacientes. Nossa hipótese é que o tratamento da AOS com aparelho de pressão aérea positiva (CPAP) afeta positivamente a aparência. O objetivo do presente estudo é comparar os efeitos de um mês de tratamento com CPAP e com tratamento placebo (dilatador nasal) sobre a percepção de idade e aparência de pacientes com AOS grave. Serão avaliados 30 pacientes de ambos os gêneros, com idade entre 30 e 60 anos com AOS grave (índice de apneia e hipopneia > 30 eventos/hora). Os pacientes serão tratados por um mês com CPAP e um mês com dilatador nasal (placebo) em sequencia sorteada e interpostos por uma semana sem tratamento ("washout"). Todos os pacientes realizarão polissonografia (PSG) na entrada do estudo (basal), início do tratamento com CPAP (titulação) bem como no início do tratamento com dilatador nasal. Durante o estudo, os pacientes serão acompanhados semanalmente para garantir adesão ao CPAP (análise dos dados do aparelho) e do dilatador nasal (contagem de dilatadores, semelhante ao "pill count"). Todos os pacientes serão avaliados na entrada do estudo e ao final de cada tratamento pelos questionários de sonolência excessiva (Escala de sonolência de Epworth) e de qualidade de vida (Functional Outcomes of Sleep Questionnaire - FOSQ-10) e, ainda, por fotografias padronizadas. As fotografias serão obtidas por fotógrafo treinado e apresentadas em ordem aleatória para 100 observadores independentes para avaliação subjetiva da idade (expresso em anos), bem como do grau de atratividade (nada atraente até muito atraente), saúde (nada saudável até muito saudável) e cansaço (nada cansada até muito cansada), determinados por escala analógica visual. As análises serão feitas através de intenção de tratamento (independente da adesão) e por protocolo, considerando uso de média de ao menos quatro horas de CPAP, por noite, e de 70% das noites com uso do dilatador nasal. O potencial impacto desse trabalho é grande, pois testaremos um novo benefício do tratamento com CPAP em pacientes com AOS. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
YAGIHARA, FABIANA; LORENZI-FILHO, GERALDO; SANTOS-SILVA, ROGERIO. Patients With OSA Are Perceived as Younger Following Treatment With CPAP. CHEST, v. 156, n. 3, p. 553-561, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
YAGIHARA, FABIANA; LORENZI-FILHO, GERALDO; SANTOS-SILVA, ROGERIO. Nasal Dilator Strip is an Effective Placebo Intervention for Severe Obstructive Sleep Apnea. JOURNAL OF CLINICAL SLEEP MEDICINE, v. 13, n. 2, p. 215-221, 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.