Busca avançada
Ano de início
Entree

PowerID: etiqueta de RFID com sensor de energia elétrica para aplicação na Internet das Coisas

Processo: 13/50923-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2014 - 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos
Pesquisador responsável:Manoel Vitório Barbin
Beneficiário:Manoel Vitório Barbin
Empresa:Pullup Soluções Sistemas Eletrônicos Ltda
Município: São Paulo
Auxílios(s) vinculado(s):15/50477-3 - Projeto PowerID, etiqueta de RFID com sensor de energia elétrica para aplicação na Internet das Coisas, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):14/19617-0 - Projeto PowerID, etiqueta de RFID com sensor de energia elétrica para aplicação na Internet das Coisas, BP.TT
14/19618-7 - Projeto PowerID, etiqueta de RFID com sensor de energia elétrica para aplicação na Internet das Coisas, BP.TT
14/13747-0 - Projeto PowerID: etiqueta de RFID com sensor de energia elétrica para aplicação na internet das coisas, BP.PIPE
Assunto(s):Automação predial  Dispositivo de identificação por radiofrequência  Internet das coisas 

Resumo

O movimento chamado Internet das coisas (IoT - Internet of Things) tem sido protagonista nos debates sobre o futuro da rede e dos sistemas computacionais. Vislumbra-se um cenário cujas transformações serão ímpares na forma como vivemos, trabalhamos e nos divertimos. Neste contexto, o uso de sensores tem se tornado componente fundamental, uma vez que "traduz" o meio que na cerca em informações úteis para a tomada de decisões nos níveis de aplicação. Motivado por este fim, propõe-se o desenvolvimento do projeto PowerID, uma etiqueta baseada na tecnologia RFID com sensor para detecção de consumo de energia elétrica em um equipamento eletrônico. Dentre potenciais aplicações, destaca-se seu uso em automação residencial com o monitoramento e a rastreabilidade dos aparelhos presentes nestes ambientes. Fundamentado em recentes pesquisas acadêmicas e em novos produtos no mercado, este projeto alinha-se com as tendências do setor e da tecnologia em questão. Atuando em um cenário cujo mercado, ainda que emergente, possui forte potencial de crescimento nos próximos anos. Assumem-se como principais objetivos desta proposta, o estudo de viabilidade tecnológica da etiqueta RFID sensitiva e o desenvolvimento do pré-protótipo necessário para este fim. Propõe-se a formação de uma equipe multidisciplinar que atue nas principais áreas de interesse do projeto, estando está sob a orientação de um pesquisador com relevantes experiências profissionais e de pesquisa no setor. De modo a superar os principais desafios tecnológicos e científicos, a equipe de desenvolvimento será guiada pela metodologia de engenharia cujo objetivo central é a validação técnica do projeto e a formação das bases para a obtenção do produto comercial. Esta metodologia determina etapas claras a serem seguidas, tais como: Definição do problema a ser resolvido, alternativas possíveis, requisitos de projeto e engenharia e o desenvolvimento e testes necessários. (AU)