Busca avançada
Ano de início
Entree

Disputas eleitorais no ciberespaço: estudo das redes sociais de internet nas eleições presidenciais de 2014 no Brasil

Processo: 14/06331-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2014 - 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Claudio Luis de Camargo Penteado
Beneficiário:Claudio Luis de Camargo Penteado
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Pesq. associados:Denise Hideko Goya ; Fabricio Olivetti de França
Bolsa(s) vinculada(s):14/22243-5 - Eleições - coleta, armazenamento e visualização, BP.TT
Assunto(s):Comportamento eleitoral  Campanha eleitoral  Eleições (processo político)  Marketing político  Redes complexas  Redes sociais  Internet 

Resumo

O projeto de pesquisa tem como objetivo estudar o comportamento dos usuários das Redes Redes Sociais de Internet (RSI) no contexto das eleições presidenciais de 2014, por meio do desenvolvimento de ferramentas computacionais de estudo de redes complexas. A rápida popularização das Redes Sociais de Internet tem produzido importantes transformações nas relações sociais, criando novas formas de sociabilidade mediadas por computadores. Nesse novo espaço de interação, diversos temas são debatidos por seus usuários que possuem um papel ativo na produção, transmissão e circulação de informações, tornando o processo comunicacional mais fluído e dinâmico. Em época eleitoral, o tema da política invade a vida cotidiana das pessoas e também ganham destaque dentro das RSI. Os militantes, os simpatizantes, as campanhas dos candidatos e mesmo o cidadão comum utilizam esse espaço de interatividade para promover um confronto de informações e contrainformações. Visando compreender o comportamento dos usuários de RSI, a pesquisa pretende desenvolver uma ferramenta computacional de extração e análise de informações de redes sociais voltada para estudar como elas são apropriadas por seus usuários durante a disputa eleitoral. Essa ferramenta tem a finalidade de caracterizar os usuários mais influentes, identificar a participação de grupos políticos e os temas mais populares. Por meio de um viés interdisciplinar, o projeto tem a intenção de contribuir nos estudos sobre comportamento eleitoral e marketing político dentro de uma nova configuração social na qual o ciberespaço se torna um campo de disputa política da Sociedade da Informação. (AU)