Busca avançada
Ano de início
Entree

A Província Magmática Paraná-Etendeka no Brasil: relações temporais e petrológicas entre o magmatismo toleítico e alcalino e suas implicações geodinâmicas

Resumo

A reativação da plataforma brasileira durante o mesozóico exerceu influência fundamental na configuração geológica do sul e sudeste do Brasil, resultando na abertura do oceano Atlântico sul e geração das bacias marginais que hoje hospedam importantes volumes de hidrocarbonetos. O magmatismo associado a esta reativação é expressivo, e corresponde à segunda maior província vulcânica continental em área do Planeta Terra (Província Magmática Paraná-Etendeka) e a uma das mais notáveis associações de rochas alcalinas registradas, à qual se associam importantes jazimentos minerais. Embora claramente vinculados temporal e espacialmente, os processos geradores do magmatismo toleítico e alcalino raramente foram objeto de estudos integrados; da mesma forma, a abordagem geológica e geofísica nas escalas regional e de detalhe são carentes de maior integração. Neste projeto, associam-se alguns dos grupos de pesquisa mais atuantes no estudo do magmatismo mesozóico-cenozóico do sul e sudeste brasileiro, com o objetivo de procurar de modo integrado a solução de alguns dos problemas petrológicos e geofísicos mais relevantes no tema, em especial a estratigrafia e cronologia do magmatismo, os processos físicos de alojamento e extrusão dos magmas, a natureza das fontes, com ênfase nos processos de geração de magmas no manto e crosta subjacentes, e o significado geodinâmico do magmatismo. Com este propósito, uma ampla variedade de ferramentas será empregada, incluindo algumas clássicas (e.g., geoquímica elemental e isotópica em rocha total e em minerais; datação Ar-Ar) e outras que são novas ou serão pela primeira vez usadas de modo mais abrangente para essas rochas (datação U-Pb; isotopia Lu-Hf; levantamentos magnetotelúricos; estudos estruturais de detalhe combinados com anisotropia de suceptibilidade magnética e/ou gravimetria; petrologia experimental). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CANON-TAPIA, EDGARDO. The Parand-Etendeka Continental Flood Basalt Province: A historical perspective of current knowledge and future research trends. JOURNAL OF VOLCANOLOGY AND GEOTHERMAL RESEARCH, v. 355, n. SI, p. 287-303, APR 15 2018. Citações Web of Science: 4.
CANON-TAPIA, EDGARDO; RAPOSO, M. IRENE B. Anisotropy of magnetic susceptibility of silicic rocks from quarries in the vicinity of Sao Marcos, Rio Grande do Sul, South Brazil: Implications for emplacement mechanisms. JOURNAL OF VOLCANOLOGY AND GEOTHERMAL RESEARCH, v. 355, n. SI, p. 165-180, APR 15 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.