Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das quinases rock e interações com microRNAs em sarcomas ósseos da infância: implicações no processo de invasão e progressão tumoral

Processo: 14/03877-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2014 - 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:María Sol Brassesco Annichini
Beneficiário:María Sol Brassesco Annichini
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Eduardo Magalhães Rego ; Luiz Gonzaga Tone
Assunto(s):Oncologia  Câncer infantil  Neoplasias ósseas  Osteossarcoma  Invasividade neoplásica  MicroRNAs  Proteínas rho de ligação ao GTP 

Resumo

O tratamento do câncer infantil tem evoluído de maneira significativa nas últimas décadas. Entretanto, as taxas de cura obtidas para determinados subtipos histológicos, como por exemplo, tumores cerebrais malignos de alto grau, subtipos agressivos de leucemias e principalmente os sarcomas estão aquém do desejado. O tumor de Ewing e o osteossarcoma representam os tumores ósseos malignos mais frequentes, correspondendo com 5-7% dos cânceres que acometem crianças. Ambos os tipos de tumor são considerados inicialmente curáveis, mas apresentam uma grande propensão à recaídas e metástase, devido à inerente quimiorresistência e à capacidade invasiva das células. Recentemente, as quinases ROCK têm sido apontadas como fatores importantes na fisiopatologia e progressão de diferentes tumores devido ao seu papel no processo de migração celular. De fato, diferentes estudos sugerem que o bloqueio de elementos envolvidos no controle da migração celular podem diminuir a capacidade oportunista das células tumorais de invadir e metastizar em órgãos distantes, um passo considerado critico na intervenção alvo-dirigida. Dessa forma, no presente projeto propõe-se avaliar a expressão dos genes ROCK1 e ROCK2 e microRNAs associados em amostras de pacientes pediátricos acometidos com osteossarcoma e sarcoma de Ewing e verificar os efeitos in vitro da inibição das quinases ROCK em linhagens celulares desses tumores ósseos, enfatizando nos processos de proliferação, migração e invasão. Pretende-se ainda avaliar a influência da inibição das ROCK nas linhagens celulares em relação à resistência e sensibilização aos tratamentos atualmente disponíveis para cada tipo tumoral. Paralelamente serão conduzidos experimentos in vivo em camundongos imunodeprimidos que permitam estudar o potencial terapêutico da inibição das quinases alvo em relação a disseminação tumoral. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DELSIN, L. E. A.; ROBERTO, G. M.; FEDATTO, P. F.; ENGEL, E. E.; SCRIDELI, C. A.; TONE, L. G.; BRASSESCO, M. S. Downregulated Adhesion-Associated microRNAs as Prognostic Predictors in Childhood Osteosarcoma. Pathology & Oncology Research, v. 25, n. 1, p. 11-20, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
ROBERTO, GABRIELA MOLINARI; VIEIRA, GABRIELA MACIEL; ALBERICI DELSIN, LARA ELIS; SILVA, MARCELA DE OLIVEIRA; HAKIME, RODRIGO GUEDES; ENGEL, EDGARD EDUARD; SCRIDELI, CARLOS ALBERTO; TONE, LUIZ GONZAGA; BRASSESCO, MARIA SOL. MiR-708-5p is inversely associated with EWS/FLI1 Ewing sarcoma but does not represent a prognostic predictor. CANCER GENETICS, v. 230, p. 21-27, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
VIEIRA, GABRIELA MACIEL; ROBERTO, GABRIELA MOLINARI; LIRA, REGIA CAROLINE; ENGEL, EDGARD EDUARD; TONE, LUIZ GONZAGA; BRASSESCO, MARIA SOL. Prognostic value and functional role of ROCK2 in pediatric Ewing sarcoma. Oncology Letters, v. 15, n. 2, B, p. 2296-2304, FEB 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.