Busca avançada
Ano de início
Entree

Acessibilidade no ensino superior (edital 49/2012/CAPES-OBEDUC/INEP-MEC/Brasil)

Processo: 14/10766-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 22 de novembro de 2014 - 09 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins
Beneficiário:Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins
Pesquisador visitante: Luzia Mara Silva Lima Rodrigues
Inst. do pesquisador visitante: Instituto Piaget, Portugal, Portugal
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Educação especial  Educação inclusiva  Política educacional  Práticas pedagógicas  Pessoas com deficiência 

Resumo

Trata-se de projeto de pesquisa em rede que tem como foco discutir as políticas públicas e as condições de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida no Ensino Superior e o impacto dessas políticas na formação docente e na produção de mídias instrumentais - sendo esta última para veicular em canais TV, Web-TV e de radiodifusão ligadas à Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (ABEPEC) e à Associação das Rádio Públicas do Brasil (ARPUB). O projeto envolve a participação de três universidades públicas: Universidade Estadual Paulista (FFC/Marília - SP), na condição de proponente e sede, em colaboração com a Universidade Federal de Juíz de Fora (Juíz de Fora -MG), a Universidade Federal de Santa Catarina (Florianópolis - PR) e constituídas como Núcleos de desenvolvimento de pesquisa. Conta ainda com a colaboração de pesquisadores vinculados a diferentes programas de Pós-Graduação nas áreas da Educação, Psicologia, Linguística e Comunicação das universidades: Universidade Estadual de Maringá - (Maringá - PR), Universidade Estadual de Londrina - (Londrina - PR), Universidade São Paulo (Ribeirão Preto-SP) e Universidade Federal de São Carlos (São Carlos -SP), entre outras. As atividades compreendem o desenvolvimento de 32 subprojetos de pesquisas no âmbito da graduação e pós-graduação, envolvendo a participação de diferentes profissionais/bolsistas: professores da rede pública (10), iniciação científica (24), mestrado (9) e doutorado (2). Seu desenvolvimento prevê três etapas metodológicas: análise das políticas públicas sobre o acesso de pessoas com deficiência no ensino superior; análise das condições de acessibilidade; e desenvolvimento de produtos midiáticos para veiculação em canais de radiodifusão e TV. Assim, tornar a educação superior igualmente acessível a todos que desejam cursá-la tem se constituído uma das metas principais dos profissionais que pesquisam e legislam sobre o direito básico do acesso à Educação. Destarte analisar como as políticas públicas, os programas de formação de professores e as mídias comunicacionais discute e concebem a eliminação das barreiras de acessibilidade para o público mencionado na Universidade, tem se constituído lócus principais de investigação desta pesquisa desenvolvidas com apoio do Centro de Formação, Extensão e Pesquisa em Inclusão - CEFEPI, da FFC-Unesp/Marília. (AU)