Busca avançada
Ano de início
Entree

I Congresso Internacional Pessoa e Comunidade: fenomenologia, psicologia e teologia

Resumo

O Laboratório Prosopon busca agregar pesquisas que visam repensar a clínica psicológica, reposicionando-a a partir da compreensão da Pessoa Humana, por meio de seu ethos, abordado a partir de seu vértice ontológico. Essa vertente inclui o diálogo interdisciplinar entre a Clínica, a Filosofia e a Teologia, privilegiando autores que se debruçaram sobre a questão da pessoalidade do ser humano e sua fragmentação a partir da modernidade. A noção de pessoa foi definida com precisão nos primeiros séculos do Cristianismo, na Teologia dos Capadócios. Nela a pessoa é abordada como ser de liberdade e relacional, que se apresenta de um modo singular, sem que seja possível sua objetificação - alteridade resistente ao domínio cognitivo. O termo "pessoa" contempla o ser humano em sua dignidade, que como ser de ação constitui sentidos, funda mundos, encontrando sua atualização na relação com o outro, em meio à vida comunitária. A pessoa humana demanda ser abordada em sua complexidade, sem ser reduzida a coisa ou a um conceito, de modo que seu gesto possa emergir em meio à vida privada e pública como ação pessoal e política. Esta perspectiva torna-se fundamental na abordagem da situação clínica na atualidade, quando a condição humana é posta em questão por meio da hipertrofia do horizonte tecnológico que ameaça a dignidade e a existência humana. Deste modo, este congresso tem como objetivo abordar a pessoa e a comunidade em um diálogo interdisciplinar entre a Fenomenologia, Psicologia e Teologia, que articule experiências e vivências clínicas da Pessoa Humana, considerada em seu ethos. (AU)