Busca avançada
Ano de início
Entree

Intervenções contemporâneas em cidades da América do Sul: estudo das transformações territoriais em assentamentos precários - São Paulo, Brasil - Medellín, Colômbia

Processo: 14/01328-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2014 - 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Zuquim
Beneficiário:Maria de Lourdes Zuquim
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Denise Antonucci ; Eduardo Alberto Cusce Nobre ; Jorge Bassani ; Karina Oliveira Leitão ; Maria Camila Loffredo D'Ottaviano ; Patricia Rodrigues Samora
Bolsa(s) vinculada(s):15/23001-8 - Intervenções contemporâneas em cidades da América do Sul: estudo das transformações territoriais em assentamentos precários. São Paulo/Brasil - Medellín/Colômbia, BP.TT
Assunto(s):Habitação social  Política urbana  América Latina  Urbanização  Cidades  Brasil  Colômbia 

Resumo

O projeto "Intervenções contemporâneas em cidades da América do Sul: estudo das transformações territoriais em assentamentos precários. São Paulo/Brasil - Medellín/Colômbia" visa analisar os aspectos socioeconômicos e físico-urbanísticos de intervenções recentes em assentamentos precários e seus reflexos nas transformações territoriais. Trata de um estudo comparado das intervenção urbanas em assentamentos precários em São Paulo e Medellín, especialmente por serem cidades que nos últimos 10 anos têm tido uma importante trajetória na implementação de políticas urbanas e de habitação social como também empregado novas ações de intervenção urbanística em assentamentos precários. A pesquisa busca consolidar o conhecimento cientifico sobre essas práticas urbanas para conduzir, de um lado à discussão das contradições presentes nos processos de urbanização de assentamentos precários onde as urbanizações de favelas têm ganhado espaço nas agendas urbanas locais e, de outro lado à identificação de semelhanças e diferenças. Semelhanças que nos une por compartilhar uma realidade de informalidade e precariedade como, também, pela criação de recentes políticas urbanas e habitacionais com múltiplas incidências na construção de cidade e, diferenças que nos distanciam enquanto processos de urbanização peculiares, consequentes do estágio de desenvolvimento econômico, social e político de cada sociedade. Como resultado espera-se contribuir com o aprofundamento da produção crítica sobre o tema, bem como realizar o intercâmbio acadêmico na Área do Planejamento e do Projeto Urbano da Universidade de São Paulo e a Universidade de Antioquia (AU)