Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogenia e evolução das espécies neotropicais de Pteris (Pteridaceae)

Processo: 13/23702-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2014 - 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Jefferson Prado
Beneficiário:Jefferson Prado
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Regina Yoshie Hirai
Assunto(s):Pteridaceae  Samambaia  Filogenia  Sistemática  Marcador molecular  Genomas de plastídeos 

Resumo

Pteris (Pteridaceae) é um gênero de samambaia com uma grande diversidade de espécies (ca. 250), pantropical, ideal para abordar investigações sobre diversificação, biogeografia, hibridização e poliploidia, que têm sido aspectos pouco estudados em samambaias. Neste projeto será realizado o estudo filogenético e evolutivo das espécies neotropicais do gênero Pteris. Trata-se de parte de um estudo mais amplo, em colaboração com pesquisadores asiáticos, africanos e norte-americanos, que visa a revisão da classificação de Pteris, bem como de outros grupos em Pteridaceae. Do total de espécies no gênero, aproximadamente 55 ocorrem na América tropical e 24 no Brasil. A maioria das espécies brasileiras ocorre ao longo da Mata Atlântica, das quais seis são endêmicas. Este estudo será baseado no sequenciamento de três marcadores moleculares plastidiais (atpA, chlL e rbcL) e também na análise de dados morfológicos. Pretende-se realizar trabalho de campo para coletar amostras em sílica-gel de alguns representantes do gênero e de grupos filogeneticamente relacionados, que constituirão parte dos grupos internos e externos da análise e, solicitar empréstimos de materiais aos herbários brasileiros e estrangeiros, que eventualmente não serão visitados. Os objetivos principais deste estudo serão testar se as espécies neotropicais de Pteris, restritas à Mata Atlântica, formam um grupo monofilético; identificar as principais linhagens evolutivas neotropicais de Pteris; analisar a evolução dos caracteres morfológicos, otimizando-os nos cladogramas obtidos nas análises filogenéticas; estudar as relações filogenéticas entre as espécies neotropicais de Pteris com as africanas e asiáticas; investigar questões sobre as origens do grupo e biogeografia histórica, ou seja, saber qual é a área ancestral para o grupo e estimar o tempo de divergência entre as linhagens e comparar essas estimativas com eventos históricos paleogeográficos descritos para a região neotropical, que possam ter influenciado a diversificação de Pteris neotropicais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACIEL, SEBASTIAO; HIRAI, REGINA Y.; PRADO, JEFFERSON. Taxonomic Revision of Cyathea, Clade Hymenophyllopsis (Cyatheaceae). AMERICAN FERN JOURNAL, v. 109, n. 2, p. 121-175, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.