Busca avançada
Ano de início
Entree

Cidades e saúde mental: determinantes sociais dos distúrbios mentais em grandes centros urbanos em uma análise multicêntrica do World Mental Health Survey Initiative

Processo: 14/05363-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2014 - 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Alexandre Dias Porto Chiavegatto Filho
Beneficiário:Alexandre Dias Porto Chiavegatto Filho
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Laura Helena Silveira Guerra de Andrade Burdmann ; Sandro Galea ; Silvia Saboia Martins ; Wang Yuan Pang
Assunto(s):Saúde mental  Transtornos mentais  Determinantes sociais da saúde  Área urbana  Estudos multicêntricos  Análise multinível 

Resumo

Nas últimas décadas, os distúrbios mentais têm aumentado rapidamente de importância entre as causas de morbidade e incapacidade, principalmente nas grandes cidades. O presente projeto objetiva identificar e analisar os determinantes sociais dos distúrbios mentais nas dez megacidades que fazem parte do World Mental Health Survey Initiative (WHMI): Nova York, Los Angeles, Xangai, Pequim, Shenzhen, Lagos, Cidade do México, Paris, Buenos Aires e São Paulo, totalizando cerca de 20.000 indivíduos (média de 2.000 por megacidade), o que permitirá uma amostra de certo modo representativa de países de renda per capita baixa (Nigéria e China), média (Brasil, Argentina e México) e alta (Estados Unidos e França). As variáveis dependentes de interesse serão a presença de depressão, ansiedade e qualquer distúrbio mental, identificadas pelos critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM-IV), traduzido e adaptado para as diferentes línguas. Na primeira parte do estudo serão ajustados modelos multinível logísticos Bayesianos com o objetivo de testar a associação entre as três variáveis dependentes com os determinantes individuais (sexo, idade, renda individual, escolaridade e estado civil) e os determinantes contextuais (desigualdade de renda, renda mediana e violência). Serão também ajustados modelos de equações estruturais para testar a presença de um efeito mediador das redes de apoio social (social networks) na associação entre os determinantes contextuais e os distúrbios mentais. O projeto será uma colaboração entre a Faculdade de Saúde Pública da USP, o Instituto de Psiquiatria da USP, a Mailman School of Public Health da Universidade de Columbia e a Harvard Medical School. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ASKARI, MELANIE S.; ANDRADE, LAURA HELENA; FILHO, ALEXANDRE CHIAVEGATTO; SILVEIRA, CAMILA MAGALHAES; SIU, ERICA; WANG, YUAN-PANG; VIANA, MARIA CARMEN; MARTINS, SILVIA S. Dual burden of chronic physical diseases and anxiety/mood disorders among Sao Paulo Megacity Mental Health Survey Sample, Brazil. Journal of Affective Disorders, v. 220, p. 1-7, OCT 1 2017. Citações Web of Science: 4.
PORTO CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE DIAS; SAMPSON, LAURA; MARTINS, SILVIA S.; YU, SHUI; HUANG, YUEQIN; HE, YANLING; LEE, SING; HU, CHIYI; ZASLAVSKY, ALAN; KESSLER, RONALD C.; GALEA, SANDRO. Neighbourhood characteristics and mental disorders in three Chinese cities: multilevel models from the World Mental Health Surveys. BMJ OPEN, v. 7, n. 10 OCT 2017. Citações Web of Science: 1.
PORTO CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE DIAS; WANG, YUAN-PANG; COELHO CAMPINO, ANTONIO CARLOS; MALIK, ANA MARIA; VIANA, MARIA CARMEN; ANDRADE, LAURA HELENA. Incremental health expenditure and lost days of normal activity for individuals with mental disorders: results from the Sao Paulo Megacity Study. BMC PUBLIC HEALTH, v. 15, AUG 5 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.