Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da qualidade da água on line (ACQUA-OnLine)

Processo: 13/50440-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de maio de 2016 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Materiais Elétricos
Convênio/Acordo: SABESP
Pesquisador responsável:Fernando Josepetti Fonseca
Beneficiário:Fernando Josepetti Fonseca
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Empresa: Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos (São Paulo - Estado). Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP)
Pesquisadores principais:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Bolsa(s) vinculada(s):18/20327-8 - Desenvolvimento de nariz eletrônico baseado em transistores orgânicos de filmes finos(OTFTs) para detecção de 2-metilisoborneol (MIB) e geosmina (GEO), BP.PD
18/20097-2 - Caracterização elétrica e modelagem de curvas características de corrente por tensão de sensores de OTFTs não-específicos para altas concentrações de MIB e GEO, BP.IC
18/16115-5 - Avaliação da influência de alterações nos parâmetros físicos de OTFTs e de processos de deposição de filmes finos nos parâmetros elétricos do dispositivo, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 18/14979-2 - Avaliação da degradação de OTFTs em função da polarização elétrica contínua (D.C.) ou alternada (A.C.), BP.IC
18/12496-4 - Desenvolvimento de sensores químicos não-específicos baseados em filmes poliméricos nanoestruturados para detecção de metilisoborneol e geosmina, BP.IC
18/09414-6 - Emprega do língua eletrônica utilizando sistema de análise em fluxo para análise de contaminantes em águas para consumo, BP.PD
16/13710-4 - Desenvolvimento de sensores químicos específicos baseados em polímeros com impressão molecular para detecção de metilisoborneol e geosmina, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Nanotecnologia  Qualidade da água  Língua eletrônica 

Resumo

O Projeto visa o desenvolvimento de um sistema de análise de 2-metilisoborniol (MIB) e geosmina (GEO) que seja expedito, in locu e suficientemente preciso para dar subsídios para a ação corretiva destes componentes na água distribuída à população. Para a obtenção deste objetivo serão testadas algumas configurações de sensores específicos e não-específicos, montados em arranjos para medida em líquido e na forma gasosa utilizando instrumentação de bancada, portátil utilizando módulos comerciais e portátil compacta desenvolvida pela equipe do projeto. Os sensores não específicos utilizando material poliméricos nanoestruturado serão desenvolvidos durante o projeto a partir da experiência da equipe na análise de MIB e GEO. Serão testados na identificação dos analitos estudados na presença de interferentes encontrados nas águas da represa de Guarapiranga. Estes interferentes serão identificados ao longo do ano através da análise com cromatografia gasosa e/ou líquida a ser realizada por equipe associada da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP. Serão desenvolvidos sensores específicos por impressão molecular para MIB e GEO. Estes sensores darão seletividade ao conjunto, que incorporará sensores específicos e não específicos. A fim de aumentar a sensibilidade do sistema sensorial serão desenvolvidos transistores de filme fino orgânicos para utilização como sensores de MIB e GEO a partir de uma medida do tipo headspace, ou seja, a partir da fase gasosa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em Microeletrônica com bolsa da FAPESP 
Pós-doutorado em Química e Ciência do Materiais com Bolsa da FAPESP 
Pós-doutorado em Microeletrônica na USP com Bolsa da FAPESP 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.