Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano anual de aplicação dos recursos da parcela da reserva técnica institucional para custos de infraestrutura institucional de pesquisa da Faculdade de Odontologia de Piracicaba - FOP- UNICAMP, 2014

Processo: 14/15088-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de setembro de 2014 - 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Jacks Jorge Junior
Beneficiário:Jacks Jorge Junior
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Reserva técnica  Patologia bucal 

Resumo

A FOP possui atualmente sete Programas de Pós Graduação. Na última avaliação da CAPES, referente ao triênio 2010- 2013, quatro programas da FOP receberam notas correspondentes à excelência em Pós-Graduação, sendo três nota 6 e uma nota 7. Tal avaliação situa a FOP em níveis bastante elevados, considerando-se o ensino de Pós-Graduação. Dos oito Programas de Pós-Graduação com notas de excelência (notas 6 e 7) na área de Odontologia da CAPES, quatro estão na FOP e quatro estão em outras unidades de ensino. Outros critérios sedimentam esta liderança da FOP na pesquisa, como o número de bolsas de produtividade em pesquisa concedidas pelo CNPq para a área de Odontologia. Praticamente um quarto do total nacional, na área de Odontologia, é de Professores da FOP. O número de alunos de Pós-Graduação também é significativo, mais de 500 alunos ativos em mestrado e doutorado, que desenvolvem suas teses em cerca de 80 linhas de pesquisa, orientados por pouco menos de 80 docentes da casa e similar número de pesquisadores/professores colaboradores. Desde o início das atividades de Pós-Graduação, cerca de 1300 dissertações de Mestrado e cerca de 700 teses de doutorado foram defendidas na FOP. Quase metade dos docentes da FOP já realizou Pós-Doutorado no exterior. Ainda que o desempenho da Pós-Graduação e de pesquisa na FOP seja digno de nota, a infraestrutura institucional está aquém do desejável. O prédio onde a FOP se localiza é relativamente antigo, tendo sido inaugurado em 1977 e sofre do envelhecimento inevitável, além da precariedade na manutenção, causada pelas restrições orçamentárias. Assim, torna-se premente a necessidade de melhorar as condições de infraestrutura para a Pesquisa de forma a manter as condições de trabalho minimamente adequadas para alunos e docentes de Pós-Graduação da FOP. A atual rede de lógica da FOP foi estabelecida no final da década de 1990 e desde então recebeu apenas reparos e substituição de peças. Pequenas partes da rede receberam o reforço de fibra ótica para suprir necessidades de tráfego de alto volume de dados. Neste período as mudanças de sistemas, hardware e software foram intensas a ponto de já existirem vários equipamentos e sistemas informatizados que não operam em redes do tipo CAT5, o que está instalado na FOP. Além disto, muitos equipamentos de pesquisa atuais demandam tráfego de dados e de sistemas incompatíveis com esta tecnologia. Propõe-se a realização troca de parte do sistema de redes da FOP para o sistema de CAT6, que deverá ser complementado posteriormente para finalização da troca. O trecho que for mudado já será operacional. O objetivo do presente projeto é descrever o plano de aplicação da parcela da Reserva Técnica - FAPESP- FOP/UNICAMP, destinado à Infraestrutura Institucional em Pesquisa, no valor de R$ 164.536,00, referentes ao ano de 2013, para aplicação 2014. O valor excedente ao cedido pela FAPESP (377,00 reais) será coberto pela FOP. (AU)