Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos mecanismos de virulência e do fitness bacteriano de isolados clínicos de Klebsiella pneumoniae subsp. pneumoniae produtores de KPC-2

Processo: 13/18039-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2014 - 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Cristina Gales
Beneficiário:Ana Cristina Gales
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandra Ivo de Medeiros ; Marcelo Alves da Silva Mori
Assunto(s):Virulência 

Resumo

Isolados de Klebsiella pneumoniae são agentes etiológicos frequentes de infecções adquiridas tanto na comunidade quanto no ambiente hospitalar. A produção de carbapenemases principalmente as do tipo KPC (K. pneumoniae carbapenemase) por esta bactéria representa um motivo de grande preocupação, pois cepas de K. pneumoniae produtoras de KPC são resistentes a maioria das classes de antimicrobianos. Desta maneira, as opções terapêuticas clinicamente disponíveis para o tratamento destas infecções são limitadas resultando em altas taxas de mortalidade. A patogenicidade da K. pneumoniae tem sido associada à presença de diferentes fatores de virulência, entretanto pouco se conhece a respeito dos fatores de virulência presentes em cepas de K. pneumoniae produtoras de KPC, assim como o impacto que estes em associação com outros mecanismos de resistência poderiam exercer na capacidade de sobrevivência e reprodução bacteriana (fitness bacteriano). Dessa forma, estudos que visem avaliar a associação destes mecanismos em isolados de K. pneumoniae produtores de KPC e seu impacto no fitness bacteriano são necessários. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CODO, ANA CAMPOS; SARAIVA, AMANDA CORREIA; DOS SANTOS, LEONARDO LIMA; VISCONDE, MARINA FRANCISCO; GALES, ANA CRISTINA; ZAMBONI, DARIO SIMOES; MEDEIROS, ALEXANDRA IVO. Inhibition of inflammasome activation by a clinical strain of Klebsiella pneumoniae impairs efferocytosis and leads to bacterial dissemination. CELL DEATH & DISEASE, v. 9, DEC 5 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.