Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Estudo dos mecanismos de patogenicidade e correlação com resistência a antimicrobianos de Klebsiella pneumoniae isoladas no Brasil e em países dos cinco continentes

Processo: 13/22581-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de outubro de 2014 - 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:André Pitondo da Silva
Beneficiário:André Pitondo da Silva
Instituição-sede: Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Campus Ribeirão Preto. Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/07605-6 - Estudo do potencial patogênico e resistência aos antimicrobianos em Klebsiella pneumoniae isoladas de hospitais das cidades de Manaus (AM) e Teresina (PI), BP.TT
17/07518-6 - Estudo da patogenicidade de linhagens de Klebsiella pneumoniae produtoras de beta-lactamases isoladas em diversos países, BP.TT
15/10403-0 - Detecção e identificação de carbapenemases em Klebsiella pneumoniae isoladas de pacientes internados em um Hospital Universitário do Paraná, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 15/05710-1 - Treinamento técnico para desenvolvimento de metodologias tradicionais e moleculares de bacteriologia, BP.TT
14/24708-5 - Avaliação do efeito de antimicrobiano em células planctônicas e biofilme de Klebsiella pneumoniae, BP.IC
14/20952-9 - Estudo dos mecanismos de patogenicidade e correlação com resistência a antimicrobianos de Klebsiella pneumoniae isoladas no Brasil e em países dos cinco continentes, BP.JP - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Fatores de virulência  Klebsiella pneumoniae  Virulência  Biofilmes 

Resumo

Klebsiella pneumoniae é considerado, atualmente, um dos mais importantes patógenos oportunistas causadores de infecções hospitalares, especialmente, em indivíduos imunocomprometidos. As infecções causadas por esse patógeno podem levar a uma série de complicações clínicas, incluindo infecções do trato urinário, pneumonia, septicemia e, em muitos casos, morte dos pacientes. O estabelecimento desse quadro infeccioso provocado por K. pneumoniae no hospedeiro deve-se, primordialmente, aos seus fatores de virulência. Além da patogenicidade, a resistência aos antimicrobianos apresentada por essa bactéria se tornou, nos últimos anos, um problema de saúde pública mundial. Portanto, tem sido cada vez mais preocupante a disseminação de K. pneumoniae com perfil de patogenicidade e resistência a antimocrobianos, principalmente, em ambientes hospitalares. Nesse contexto, a elucidação dos diferentes mecanismos relacionados aos fatores de virulência e de resistência de K. pneumoniae causadoras de infecções hospitalares é de extrema importância. Neste projeto, pretende-se investigar o potencial patogênico, o perfil de resistência aos antimicrobianos, os elementos genéticos móveis, bem como estabelecer a epidemiologia molecular de 150 K. pneumoniae, não repetitivas, isoladas de pacientes internados em diferentes hospitais das cinco regiões brasileiras e de países dos cinco continentes. Na literatura, há poucos estudos brasileiros focando a patogenicidade de K. pneumoniae associando à resistência aos antimicrobianos e estudos epidemiológicos. Portanto, espera-se que os resultados obtidos neste projeto possam contribuir, de forma efetiva, para a ampliação do conhecimento acerca dos diferentes aspectos de virulência, resistência e epidemiologia de K. pneumoniae, fornecendo subsídios que permitam um maior controle e prevenção de infecções hospitalares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Treinamento Técnico em Microbiologia e Biologia Molecular com bolsa da FAPESP 

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAVA, ROSEANE GALDIOLI; OLIVEIRA-SILVA, MARIANA; NAKAMURA-SILVA, RAFAEL; PITONDO-SILVA, ANDRE; VESPERO, ELIANA CAROLINA. New sequence type in multidrug-resistant Klebsiella pneumoniae harboring the bla(NDM-1)-encoding gene in Brazil. INTERNATIONAL JOURNAL OF INFECTIOUS DISEASES, v. 79, p. 101-103, FEB 2019. Citações Web of Science: 0.
FERREIRA, ROUMAYNE L.; DA SILVA, BRENDA C. M.; REZENDE, GRAZIELA S.; NAKAMURA-SILVA, RAFAEL; PITONDO-SILVA, ANDRE; CAMPANINI, EMELINE BONI; BRITO, MARCIA C. A.; DA SILVA, EULALIA M. L.; DE MELO FREIRE, CAIO CESAR; DA CUNHA, ANDERSON F.; DA SILVA PRANCHEVICIUS, MARIA-CRISTINA. High Prevalence of Multidrug-Resistant Klebsiella pneumoniae Harboring Several Virulence and beta-Lactamase Encoding Genes in a Brazilian Intensive Care Unit. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 9, JAN 22 2019. Citações Web of Science: 0.
DE CAMPOS, TATIANA AMABILE; GONCALVES, LAURA FERNANDES; MAGALHAES, KELLY GRACE; MARTINS, VICENTE DE PAULO; PAPPAS JUNIOR, GEORGIOS JOANNIS; PEIRANO, GISELE; PITOUT, JOHANN D. D.; GONCALVES, GUILHERME BARTOLOMEU; RUEDA FURLAN, JOAO PEDRO; STEHLING, ELIANA GUEDES; PITONDO-SILVA, ANDRE. A Fatal Bacteremia Caused by Hypermucousviscous KPC-2 Producing Extensively Drug-Resistant K64-ST11 Klebsiella pneumoniae in Brazil. FRONTIERS IN MEDICINE, v. 5, SEP 21 2018. Citações Web of Science: 0.
ALVES AZEVEDO, PAOLA APARECIDA; RUEDA FURLAN, JOAO PEDRO; OLIVEIRA-SILVA, MARIANA; NAKAMURA-SILVA, RAFAEL; GOMES, CAROLINA NOGUEIRA; CARIM COSTA, KAREN REGINA; STEHLING, ELIANA GUEDES; PITONDO-SILVA, ANDRE. Detection of virulence and beta-lactamase encoding genes in Enterobacter aerogenes and Enterobacter cloacae clinical isolates from Brazil. Brazilian Journal of Microbiology, v. 49, n. 1, p. 224-228, 2018. Citações Web of Science: 0.
GONCALVES, GUILHERME BARTOLOMEU; RUEDA FURLAN, JOAO PEDRO; VESPERO, ELIANA CAROLINA; PELISSON, MARSILENI; STEHLING, ELIANA GUEDES; PITONDO-SILVA, ANDRE. Spread of multidrug-resistant high-risk Klebsiella pneumoniae clones in a tertiary hospital from southern Brazil. INFECTION GENETICS AND EVOLUTION, v. 56, p. 1-7, DEC 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.