Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantidades conservadas quase locais e transporte em sistemas unidimensionais integráveis

Processo: 14/18173-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Rodrigo Gonçalves Pereira
Beneficiário:Rodrigo Gonçalves Pereira
Pesquisador visitante: Vincent Pasquier
Inst. do pesquisador visitante: Institut de Physique Théorique (IPhT), França
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Propriedades de transporte  Spin  Integrabilidade quântica 

Resumo

Modelos quânticos integráveis são geralmente caracterizados por um número macroscópico de quantidades conservadas locais. Um exemplo é o modelo XXZ, que descreve materiais do tipo cadeias de spin 1/2 anisotrópicas e fases de isolante de Mott de bósons de duas componentes em redes óticas. As leis de conservação não triviais dos sistemas integráveis têm consequências marcantes sobre suas propriedades dinâmicas. Recentemente mostrou-se que, ao invés de quantidades conservadas locais, a condutividade de spin infinita dentro da fase crítica do modelo XXZ é devida a quantidades conservadas quase-locais, ou seja, operadores sem uma densidade local mas ainda assim com norma extensiva. Neste projeto, propomos estender a pesquisa sobre operadores quase-locais em várias direções, incluindo o estudo de cadeias de spin integráveis com spin S mais alto, o cálculo dos autovalores de matrizes de transferência com dois parâmetros e a formulação de operadores quase-locais para teorias de campo integráveis que são apropriadas para o regime de baixas temperaturas de cadeias de spin críticas. (AU)