Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica do carbono e elementos relacionados na Bacia do Rio Piracicaba

Processo: 94/00529-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 1994 - 30 de junho de 1998
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Martinelli
Beneficiário:Luiz Antonio Martinelli
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):98/06540-5 - Effects of increasing organic matter loading on the dissolved O2, free dissolved CO2 and respiration rates in the Piracicaba river basin southeast Brazil, AR.EXT
97/09170-1 - Anailse exploratoria e modelagem de uma serie temporal de vazao., AR.BR
95/00236-4 - Trends in hydrological parameters of a southern brazilian watershed and its relation to human induced changes., AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):98/03500-2 - Concentração de carbono orgânico e inorgânico dissolvido em pequenos tributários da Bacia do Rio Piracicaba (SP), BP.IC
98/03499-4 - Avaliacao de alguns parametros fisico-quimicos no ribeirao piracicamirim antes e apos a estacao de tratamento de esgoto (ete piracicamirim) piracicaba, sp., BP.IC
97/05214-4 - O transporte e o balanco de nitrogenio na bacia do rio piracicaba., BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 97/06095-9 - Aplicacao de modelos matematicos deterministicos no estudo hidrologico da bacia do rio piracicaba., BP.PD
97/03417-5 - Dinâmica do carbono e elementos relacionados na Bacia do Rio Piracicaba, BP.TT
96/00383-0 - A dinâmica do carbono orgânico dissolvido na bacia hidrográfica do Rio Piracicaba, SP, BP.DR - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Bacia hidrográfica  Rio Piracicaba  Ciclo do carbono  Matéria orgânica  Uso do solo  Sistema de informação geográfica (SIG)  Mudança climática 
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_30_58_58.pdf

Resumo

O rio Piracicaba é um rio de porte médio, situado em uma região sub-tropical, o qual é o canal principal de um verdadeiro modelo de "bacia desenvolvida", onde os problemas ambientais são típicos dessas bacias, ou seja, escasses de água em um futuro próximo, com sério comprometimento de sua qualidade. Nesse contexto, os principais objetivos desse projeto são: (1) definir a dinâmica do carbono e elementos relacionados na bacia do rio Piracicaba, avaliando possíveis interfêrencias resultantes da ação antrópica sobre o meio; (2) a proposição de uma nova metodologia para estudo de bacias hidrográficas, onde seriam gerados uma série de subsídios básicos fundamentais para a gestão ambiental de bacias hidrográficas, quer elas estejam afastadas de suas condições naturais ou não. As hipóteses à serem testadas serão:(1) A atividade antrópica na bacia e os produtos gerados por ela são as principais fontes de matéria orgânica para os rios da região(2) A taxa respiratória será maior na época seca em relação a época cheia, sendo o processo de respiração predominantemente aeróbio. (3) O decréscimo observado nos valores máximos e mínimos na descarga em vários pontos da bacia denota uma diminuição no volume de água e é um reflexo da retirada excessiva de água pelo Homem. A distribuição do carbono e demais elementos será conhecida através de uma série sucessiva de balanços de massa em setores interligados. Serão medidos na entrada e na saída de cada setor os fluxos (produto da descarga pela concentração do parâmetro analisado) correspondentes a cada forma de carbono. Fluxos na saída do setor maiores que os fluxos de entrada indicariam que aquele setor estaria agindo como uma fonte do parâmetro estudado. Por outro lado, fluxos de saída menores que o de entrada estariam indicando a existência de um sumidouro no setor. Para melhor poder interpretar os resultados advindos dos balanços de massa, propomos a criação de um sistema geográfico de informações (SGI) com as informações mais relevantes da bacia, tais como: geologia, solos, clima, vegetação e, principalmente, mudanças no uso da terra, que acreditamos ser o principal interferente na distribuição do carbono no sistema. Este SGI será construído com informações já disponíveis na bacia, que são em grande número, mas ainda não foram analisadas em conjunto. Para averiguar os efeitos das mudanças no uso da terra na hidrologia, propomos analisar as séries históricas de descarga, aplicando análises temporais e desenvolvimento de modelos hidrológicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)