Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de atividade de lipídios e carreadores lipídicos em soluções crioprotetoras e desenvolvimento de kits para uso em tecnologia da reprodução assistida

Processo: 13/50881-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2014 - 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Alessandra Aparecida Vireque
Beneficiário:Alessandra Aparecida Vireque
Empresa:INVITRA - Tecnologia da Reprodução Assistida Ltda
Município: Ribeirão Preto
Auxílios(s) vinculado(s):15/50523-5 - Prospecção de atividade de lipídios, nanocarreadores e vesículas lipídicas nanoestruturadas em soluções crioprotetoras e desenvolvimento de kits para uso em tecnologia da reprodução assistida, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):14/26820-7 - Prospecção de atividade de lipídios e carreadores lipídicos em soluções crioprotetoras e desenvolvimento de kits para uso em tecnologia da reprodução assistida, BP.TT
14/24102-0 - Prospecção de atividade de lipídios e carreadores lipídicos em soluções crioprotetoras e desenvolvimento de kits para uso em tecnologia da reprodução assistida, BP.PIPE
Assunto(s):Biotecnologia  Técnicas de reprodução assistida  Criopreservação  Oócitos  Embrião 

Resumo

As tecnologias da reprodução assistida (TRA) apresentam demanda crescente tanto nos países desenvolvidos quanto no Brasil. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que entre 15% e 20% da população mundial em idade reprodutiva têm problemas de infertilidade. No Brasil, estima-se que há cerca de 280 mil casais inférteis e 217 serviços registrados que oferecem tratamento de reprodução assistida. Embora recentemente tenha havido um avanço consistente na tecnologia da criopreservação, sobretudo de oócitos humanos, estes métodos são extremamente dispendiosos em termos de custos dos meios de congelamento e descongelamento, predominantemente importados e comercializados na forma de kits. A crescente demanda pela criopreservação terapêutica de sêmen e oócitos, eletiva ou em procedimentos médicos como a radioterapia, quimioterapia ou cirurgia invasiva, e da criopreservação de gametas durante os tratamentos de reprodução assistida, aponta para a necessidade de avanços tecnológicos no campo da criobiologia. Novas formulações de meios crioprotetores, contendo macromoléculas sintéticas e biomoléculas que sabidamente participam da estrutura e funcionalidade celular, em particular da dinâmica do sistema de membranas da célula, podem propiciar avanços consistentes nas técnicas de criopreservação de oócitos e embriões, encontrando ampla aplicação nas áreas da reprodução assistida humana e animal. Nosso objetivo é prospectar novas tecnologias, partindo de princípios da biomimética e nanotecnologia, na formulação de soluções crioprotetoras para o desenvolvimento de kit de vitrificação para oócitos humanos. O objetivo do presente projeto consiste no estudo para o delineamento de espécies lipídicas e nanocarreadores lipídicos para aplicação em soluções crioprotetoras, formuladas com novas combinações de macromoléculas sintéticas e carboidratos complexos, como estratégia para aumentar a criotolerância oocitária por meio da incorporação de lipídios à membrana celular ou modulação do perfil lipídico intracelular. A partir da determinação de viabilidade técnico-científica desta proposta, visamos o desenvolvimento de formulações crioprotetoras de alta performance para o congelamento de oócitos humanos como alternativa aos kits importados. (AU)