Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do sistema de refrigeração na criopreservação de sêmen bovino

Processo: 14/11304-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2014 - 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Fabio Morato Monteiro
Beneficiário:Fabio Morato Monteiro
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Pesq. associados:Camila de Paula Freitas Dell´Aqua ; Frederico Ozanam Papa ; José Antonio Dell'Aqua Junior ; Maria Eugênia Zerlotti Mercadante
Assunto(s):Andrologia veterinária  Criopreservação animal  Sêmen animal  Capacitação espermática  Bovinos  Gado Nelore 

Resumo

Umas das principais etapas no processo de criopreservação do sêmen é a curva de refrigeração. O ritmo de refrigeração pode diminuir o choque térmico e seus danos as células espermáticas, com isso melhores resultados na criopreservação poderiam ser melhorados utilizando-se curvas de refrigeração mais lentas e homogêneas, mas em alguns sistemas de refrigeração, como refrigeradores domésticos, isso não acontece. Com isso, o objetivo do trabalho é confrontar simultaneamente diferentes sistemas de refrigeração e criopreservação de sêmen bovino, e seus efeitos na qualidade do sêmen criopreservado. O delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5x2, com 5 sistemas de refrigeração e 2 sistemas de criopreservação de sêmen, totalizando 10 tratamentos. Serão utilizados 2 ejaculados de 15 touros da raça Nelore, totalizando 30 ejaculados, sendo colhidos por meio de eletroejaculador. Os ejaculados serão diluídos em meio de fração única (BotuBov®) para concentração final de 60x106 spz/ml, após a diluição serão refrigerados por 5 horas em 5 sistemas diferentes de refrigeração (TK 4000® com curva de resfriamento de 0,25ºC/minuto; TK 4000® com curva de resfriamento de 0,5ºC/minuto, refrigerador Minitüb® 518C, BotuTainer® e refrigerador doméstico comum) e 2 de criopreservação (TK 4000® e isopor com nitrogênio líquido). A cinética espermática será realizada pelo aparelho IVOS (Versão 14, Hamilton-Thorne Bioscience) em três momentos: após 5 horas de refrigeração (antes da criopreservação), após a criopreservação e após o teste de termoresistencia rápida (TTR). Além disso, será realizada a avaliação da integridade de membrana plasmática, acrossomal e mitocondrial utilizando associação de sondas fluorescentes. As análises dos dados gerados ajudarão a elucidar qual melhor sistema de refrigeração e criopreservação que poderá beneficiar os técnicos que atuam no campo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO DIAS, ERIKA ALINE; CAMPANHOLI, SUZANE PERES; ROSSI, GUILHERME FAZAN; FREITAS DELL'AQUA, CAMILA DE PAULA; DELL'AQUA JUNIOR, JOSE ANTONIO; PAPA, FREDERICO OZANAM; ZORZETTO, MARIANA FURTADO; PARO DE PAZ, CLAUDIA CRISTINA; OLIVEIRA, LETICIA ZOCCOLARO; ZERLOTTI MERCADANTE, MARIA EUGENIA; MONTEIRO, FABIO MORATO. Evaluation of cooling and freezing systems of bovine semen. Animal Reproduction Science, v. 195, p. 102-111, AUG 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.