Busca avançada
Ano de início
Entree

Matéria escura na Via Láctea: uma era de precisão

Resumo

A existência de um componente "escura" de matéria, composta por uma classe de partículas que não interagem com a radiação eletromagnética e que não pertencem ao Modelo Padrão mas que no entanto são acopladas gravitacionalmente, é um princípio central da Cosmologia moderna. Sua presença no Universo em ambientes diversos e em várias escalas de tamanho têm sido comprovadas com abundantes observações astrofísicas. No entanto, sua natureza ainda é uma incógnita atualmente. A sinergia entre buscas em aceleradores de partículas, sinais astrofísicos e experimentos terrestres está na base dos esforços atuais para determinar a natureza das partículas de matéria escura. Esse projeto tem como escopo usar observáveis astrofísicas locais, tais como informações dinâmicas e morfológicas de nossa galáxia, para melhorar nosso conhecimento e reduzir as incertezas nessa busca em diversos canais. O projeto tem um duplo objetivo: a) obter informações independente de modelos sem precedentes sobre a distribuição espacial e dinâmica da matéria escura na Via Láctea, fazendo uso das mais recentes observações; b) usar essas informações para diminuir as incertezas em experimentos atuais e futuros de busca direta e indireta por matéria escura. Além do uso crucial no contexto de Física de Partículas, essas informações representarão o estado-da-arte na determinação experimental da estrutura da matéria escura em nossa galáxia e será relevante para o entendimento do processo de formação de galáxias em um contexto cosmológico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Científico muestra evidencias de materia oscura en la Vía Láctea 
Pesquisador da Unesp apresenta evidência de matéria escura na Via Láctea 

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BENITO, MARIA; CUOCO, ALESSANDRO; IOCCO, FABIO. Handling the uncertainties in the Galactic Dark Matter distribution for particle Dark Matter searches. Journal of Cosmology and Astroparticle Physics, n. 3 MAR 2019. Citações Web of Science: 6.
BELYAEV, ALEXANDER; BERTUZZO, ENRICO; BARROS, CRISTIAN CANIU; EBOLI, OSCAR; DI CORTONA, GIOVANNI GRILLI; IOCCO, FABIO; PUKHOV, ALEXANDER. Interplay of the LHC and non-LHC dark matter searches in the effective field theory approach. Physical Review D, v. 99, n. 1 JAN 3 2019. Citações Web of Science: 5.
NEGRELLI, CAROLINA; BENITO, MARIA; LANDAU, SUSANA; IOCCO, FABIO; KRAISELBURD, LUCILA. Testing modified gravity theory in the Milky Way. Physical Review D, v. 98, n. 10 NOV 30 2018. Citações Web of Science: 1.
IOCCO, FABIO; BENITO, MARIA. An estimate of the DM profile in the Galactic bulge region. PHYSICS OF THE DARK UNIVERSE, v. 15, p. 90-95, MAR 2017. Citações Web of Science: 10.
BENITO, MARIA; BERNAL, NICOLAS; BOZORGNIA, NASSIM; CALORE, FRANCESCA; LOCCO, FABIO. Particle Dark Matter constraints: the effect of Galactic uncertainties. Journal of Cosmology and Astroparticle Physics, n. 2 FEB 2017. Citações Web of Science: 20.
PATO, MIGUEL; LOCCO, FABIO. galkin: A new compilation of Milky Way rotation curve data. SOFTWAREX, v. 6, p. 54-62, 2017. Citações Web of Science: 6.
PATO, MIGUEL; IOCCO, FABIO; BERTONE, GIANFRANCO. Dynamical constraints on the dark matter distribution in the Milky Way. Journal of Cosmology and Astroparticle Physics, n. 12 DEC 2015. Citações Web of Science: 62.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.