Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões ambientais associados ao desenvolvimento do mexilhão dourado, Limnoperna fortunei, em áreas com piscicultura em tanques-rede

Processo: 14/12553-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Daercy Maria Monteiro de Rezende Ayroza
Beneficiário:Daercy Maria Monteiro de Rezende Ayroza
Instituição-sede: Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (APTA Regional). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Andrea Tucci ; Antonio Sergio Ferraudo ; Carlos Ducatti ; Luiz Marques da Silva Ayroza ; Marcia Divina de Oliveira
Bolsa(s) vinculada(s):16/04662-6 - Caracterização ambiental de pisciculturas em tanques-rede com ocorrência de mexilhão dourado, no reservatório Canoas II, Rio Paranapanema, SP/PR, BP.TT
16/01616-3 - Desenvolvimento do mexilhão dourado em áreas com tanques-rede no reservatório Canoas II, Rio Paranapanema, SP/PR, BP.TT
15/01738-9 - Desenvolvimento do mexilhão dourado em áreas com tanques-rede no reservatório Canoas II, Rio Paranapanema, SP/PR, BP.TT
14/27283-5 - Caracterização limnológica de pisciculturas em tanques-rede com ocorrência de mexilhão dourado, no reservatório Canoas II, Rio Paranapanema, SP/PR, BP.TT
Assunto(s):Piscicultura  Limnologia  Fitoplâncton  Mexilhão  Tanques-rede  Isótopos estáveis 

Resumo

A infestação do mexilhão dourado, Liminoperna fortunei, nas pisciculturas em tanques-rede tem promovido impactos ambientais e econômicos. Nestas áreas o molusco encontra substrato para sua fixação e, provavelmente, disponibilidade de alimentos decorrente da carga orgânica liberada. Objetiva-se neste projeto identificar padrões ambientais associados ao desenvolvimento do mexilhão dourado em áreas com e sem piscicultura do reservatório Canoas II, Rio Paranapanema, SP/PR. Realizar-se-ão estudos, pelo período de 2 anos, nos quais variáveis limnológicas da água (transparência, temperatura, pH, condutividade, oxigênio dissolvido, turbidez, nitrogênio total, amônia, fósforo total, ortofosfato, clorofila a, sólidos totais em suspensão, cálcio, alcalinidade e dureza) e do sedimento (pH, carbono orgânico total, fósforo e nitrogênio totais), taxas de sedimentação do material em suspensão e do fósforo total e comunidade fitoplanctônica serão avaliadas e associadas ao desenvolvimento do mexilhão dourado (características biológicas, crescimento e atividade reprodutiva). A partir dos resultados serão recomendadas ações de manejo para prevenção e controle desta espécie. Também, será estimado o impacto econômico desta bioinvasão. Complementarmente, o L. fortunei será investigado como bioindicador da dispersão dos resíduos da piscicultura, por meio dos isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. Esta pesquisa alinha-se aos propósitos do governo federal de aumento da produção de peixes e da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA, SAA/SP), de atendimento às demandas regionais e ampliação da linha de pesquisa em limnologia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA COSTA, JESAIAS ISMAEL; ESPAGNOLI MARTINS, MARIA INEZ; DE REZENDE AYROZA, DAERCY MARIA MONTEIRO. IMPACT OF CONTROL OF THE GOLDEN MUSSEL ON THE PRODUCTION COSTS OF TILAPIA BRED IN NET CAGES. BOLETIM DO INSTITUTO DE PESCA, v. 44, n. 1, p. 110-115, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.