Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de biomarcadores moleculares prognósticos e diagnósticos de cicatrização no exsudato inflamatório de úlceras venosas crônicas antes e após o tratamento com selante de fibrina

Processo: 14/13299-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Lucilene Delazari dos Santos
Beneficiário:Lucilene Delazari dos Santos
Instituição-sede: Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos (CEVAP). Centro Virtual de Toxinologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Benedito Barraviera ; José-Luis Capelo-Martínez ; Luciana Patrícia Fernandes Abbade ; Rui Seabra Ferreira Junior
Assunto(s):Dermatologia  Úlcera varicosa  Adesivo tecidual de fibrina  Exsudatos e transudatos  Biomarcadores  Proteômica 

Resumo

A partir da identificação das assinaturas moleculares individuais nos sistemas biológicos pela abordagem proteômica, houve um incremento na descoberta de biomarcadores passíveis de serem usados no prognóstico e na terapêutica clínica, bem como no desenvolvimento de testes diagnósticos. O Ambulatório de Dermatologia da Faculdade de Medicina da UNESP de Botucatu atende semanalmente pacientes com úlceras venosas crônicas. Até o momento, não se compreende muito bem o prognóstico, nem o mecanismo de cicatrização das mesmas. Paralelamente, os tratamentos preconizados para úlceras venosas crônicas não são diferenciados, haja vista que, os esforços iniciais para se aplicar uma terapia eficaz é comprometida quando não se tem informações a respeito do prognóstico, nem do estágio de cicatrização em que essas úlceras se encontram. Utilizam-se assim, o relato do paciente e os aspectos clínicos como ferramentas passíveis de se avaliar o grau de dificuldade e de cicatrização. Paralelamente, um grande desafio científico e tecnológico foi assumido pelos pesquisadores do Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos da UNESP (CEVAP) em parceria com o Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais da Faculdade de Medicina da UNESP por meio do ensaio clínico denominado Ensaio clínico fase I/II para se avaliar a segurança e melhor dose do novo selante de fibrina derivado do veneno de serpente no tratamento de úlceras venosas crônicas. Este é apoiado e financiado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (Decit) por intermédio do CNPq processo No. 563582/2010-3, e envolve o desenvolvimento científico e tecnológico seguido da aplicação do novo bioproduto em pacientes acometidos por úlceras venosas crônicas. Uma vez que, não existe até o momento um método bioquímico prognóstico/diagnóstico para se diferenciar uma úlcera de fácil e de difícil cicatrização, fez-se necessário a busca de marcadores moleculares, por meio da proteômica., que possam sinalizar o estágio de cicatrização dessas úlceras. O objetivo da presente proposta será identificar as proteínas presentes nos exsudatos inflamatórios de pacientes com úlceras venosas crônicas, a fim de se descobrir marcadores moleculares que possam inferir o estágio de cicatrização das úlceras de fácil e de difícil cicatrização, antes e após o uso do novo selante de fibrina do CEVAP. Esta proposta tem a pretensão de transpor a lacuna existente entre as descobertas na bancada e o auxílio ao paciente no ambulatório ou no leito hospitalar. As metas futuras, após análise final dos resultados, serão: sugerir a inserção das ferramentas analíticas da abordagem proteômica nas rotinas de atendimento clínico no ambulatório de Dermatologia para se dispor de um prognóstico precoce da cicatrização das úlceras; transferir conhecimentos da pesquisa básica aperfeiçoando e criando novos métodos diagnósticos para úlceras venosas crônicas; colaborar no estabelecimento de plataformas terapêuticas passíveis de emprego clínico imediato, e por fim colaborar no processo de patenteamento desta nova descoberta considerada estratégica e sigilosa até o momento. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA CAVASSAN, NAYARA RODRIGUES; CAMARGO, CAIO CAVASSAN; DE PONTES, LETICIA GOMES; BARRAVIERA, BENEDITO; FERREIRA, RUI SEABRA; MIOT, HELLO AMANTE; FERNANDES ABBADE, LUCIANA PATRICIA; DOS SANTOS, LUCILENE DELAZARI. Correlation between chronic venous ulcer exudate proteins and clinical profile: A cross-sectional study. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 192, p. 280-290, FEB 10 2019. Citações Web of Science: 2.
DE PONTES, LETICIA GOMES; VIEIRA CAVASSAN, NAYARA RODRIGUES; DE BARROS, LUCIANA CURTOLO; FERREIRA JUNIOR, RUI SEABRA; BARRAVIERA, BENEDITO; DOS SANTOS, LUCILENE DELAZARI. Plasma proteome of buffaloes. PROTEOMICS CLINICAL APPLICATIONS, v. 11, n. 9-10 SEP 2017. Citações Web of Science: 1.
FERREIRA, JR., RUI SEABRA; DE BARROS, LUCIANA CURTOLO; FERNANDES ABBADE, LUCIANA PATIRCIA; CATHARINO SARTORI BARRAVIERA, SILVIA REGINA; CAVARIANI SILVARES, MARIA REGINA; DE PONTES, LETICIA GOMES; DOS SANTOS, LUCILENE DELAZARI; BARRAVIERA, BENEDITO. Heterologous fibrin sealant derived from snake venom: from bench to bedside - an overview. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 23, n. 1 APR 4 2017. Citações Web of Science: 17.
RUI SEABRA FERREIRA JR; LUCIANA CURTOLO DE BARROS; LUCIANA PATRÍCIA FERNANDES ABBADE; SILVIA REGINA CATHARINO SARTORI BARRAVIERA; MARIA REGINA CAVARIANI SILVARES; LETICIA GOMES DE PONTES; LUCILENE DELAZARI DOS SANTOS; BENEDITO BARRAVIERA. Heterologous fibrin sealant derived from snake venom: from bench to bedside – an overview. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 23, p. -, 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.