Busca avançada
Ano de início
Entree

Carcinogênese prostática experimental: alvos moleculares e perspectivas terapêuticas

Processo: 14/14202-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Wellerson Rodrigo Scarano
Beneficiário:Wellerson Rodrigo Scarano
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Robson Francisco Carvalho
Assunto(s):Urologia  Procedimentos cirúrgicos urológicos  Neoplasias da próstata  MicroRNAs  Receptor beta de estrogênio 

Resumo

O câncer de próstata é uma doença relacionada ao sistema endócrino e sua progressão envolve alterações nas vias de sinalização estrogênica e androgênica. Assim a investigação de drogas que atuem interferindo nessas vias cria perspectivas para a descoberta de novos alvos terapêuticos. Neste cenário a privação androgênica tem sido empregada como o principal tratamento para redução significativa destes tumores. O antiandrógeno acetato de abiraterona, inibidor da enzima CYP17, tem sido aplicado para tratamento de estágios avançados da doença. No entanto seu uso pode desencadear mecanismos de resistência à droga requerendo tratamentos adicionais para o controle da progressão da doença. Nesse sentido a associação dessa terapia com drogas inibidoras de vias relacionadas com a progressão da carcinogênese prostática, como a da PI3K/Akt, parece uma estratégia alternativa e efetiva para o tratamento da doença. Paralelamente, estudostem investigado o papel do estradiol sobre a etiologia do câncer prostático e o uso de drogas que modulam os receptores estrogênicos e que representam estratégias terapêuticas contra esta doença. Pesquisas recentes propõem o ER² como possível alvo terapêutico em neoplasias, porém são escassos os trabalhos que expliquem os mecanismos pelo quais esse receptor exerce suas funções. Atualmente, um conjunto de evidências estabelecem que os miRNAs, reguladores pós-transcricionais de diversos genes, controlariam o desenvolvimento e progressão de vários tumores. Trabalhos que correlacionem as funções do ER² com a expressão de miRNA na carcinogênese prostática tornam-se importantes para compreensão de vias de sinalização relacionadas ao processo tumoral além de criar perspectivas para a descoberta de novos alvos terapêuticos. Desta forma, pretende-se com este estudo, avaliar estratégias terapêuticas alternativas baseadas na modulação das vias de sinalização androgênica e estrogênica para tratamento do câncer prostático. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SALATA, GIOVANNA CASSONE; PINHO, CRISTIANE FIGUEIREDO; DE FREITAS, ANDRE T. A. G.; AQUINO, ARIANA MUSA; JUSTULIN, LUIS ANTONIO; MENDES, LEONARDO OLIVEIRA; GONCALVES, BIANCA F.; DELELLA, FLAVIA KARINA; SCARANO, WELLERSON RODRIGO. Raloxifene decreases cell viability and migratory potential in prostate cancer cells (LNCaP) with GPR30/GPER1 involvement. Journal of Pharmacy and Pharmacology, v. 71, n. 7, p. 1065-1071, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.
GONCALVES, BIANCA FACCHIM; PEGORIN DE CAMPOS, SILVANA GISELE; FAVARO, WAGNER JOSE; BRANDT, JOYCE ZALOTTI; PINHO, CRISTIANE FIGUEIREDO; JUSTULIN, LUIS ANTONIO; TABOGA, SEBASTIAO ROBERTO; SCARANO, WELLERSON RODRIGO. Combinatorial Effect of Abiraterone Acetate and NVP-BEZ235 on Prostate Tumor Progression in Rats. HORMONES & CANCER, v. 9, n. 3, p. 175-187, JUN 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.