Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução das características florais em um gênero neotropical exclusivamente polinizado por abelhas Euglossine

Resumo

A região neotropical é a mais rica em diversidade de todo o mundo. Assim como ocorre com muitas famílias de plantas, entre as orquídeas, vários gêneros são endêmicos dos neotrópicos, incluindo Catasetum L. C. Rich., que abrange 147 espécies. Há mais de 50 anos é conhecido que as espécies de Catasetum são polinizadas exclusivamente por machos de abelhas Euglossina, que coletam fragrâncias nas flores. No entanto, os dados sobre a estrutura anatômica e histoquímica das glândulas florais são ausentes. Análises de fragrâncias já foram realizadas para algumas espécies. No entanto, esses dados são escassos quando comparada com a diversidade desse gênero de orquídeas. Além disso, os caracteres florais e os constituintes das fragrâncias nunca foram analisados em um contexto evolutivo para o grupo. O presente projeto tem como objetivos identificar as estruturas secretoras, os tecidos envolvidos na secreção, os padrões de refletância floral, bem como os compostos voláteis presentes em pelo menos 60 espécies desse gênero. Além disso, serão analisadas regiões do DNA ribossômico nuclear (nrDNA) e do DNA de cloroplasto (cpDNA) a fim de investigar a filogenia do grupo. A coloração das flores será estudada pelo método de refletância floral, utilizando um espectrofotômetro portátil. A análise das fragrâncias florais será feita por GC-MS. As flores masculinas e femininas de cada espécie também serão analisadas com base em caracteres morfo-anatômicos. A partir dos dados obtidos será analisado como ocorreu a evolução dos atributos florais relacionados com polinizadores (abelhas euglossine), mecanismos de polinização e fragrâncias florais no gênero. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PANSARIN, E. R.; BERGAMO, P. J.; FERREIRA-CALIMAN, M. J. Pollinator-independent orchid attracts biotic pollinators due the production of lipoidal substances. Plant Biology, v. 20, n. 2, p. 182-190, MAR 2018. Citações Web of Science: 2.
PANSARIN, E. R.; PANSARIN, L. M. Specificity and influence of climatic factors on the pollination of south-eastern Brazilian Sinningia. Australian Journal of Botany, v. 66, n. 6-7, p. 468-478, 2018. Citações Web of Science: 0.
NUNES, CARLOS E. P.; GERLACH, GUENTER; BANDEIRA, KAREN D. O.; GOBBO-NETO, LEONARDO; PANSARIN, EMERSON R.; SAZIMA, MARLIES. Two orchids, one scent? Floral volatiles of Catasetum cernuum and Gongora bufonia suggest convergent evolution to a unique pollination niche. FLORA, v. 232, p. 207-216, JUL 2017. Citações Web of Science: 8.
PANSARIN, E. R.; ALVES-DOS-SANTOS, I.; PANSARIN, L. M. Comparative reproductive biology and pollinator specificity among sympatric Gomesa (Orchidaceae: Oncidiinae). Plant Biology, v. 19, n. 2, p. 147-155, MAR 2017. Citações Web of Science: 5.
DE FRAGA, CLAUDIO NICOLETTI; COUTO, DAYVID RODRIGUES; PANSARIN, EMERSON RICARDO. Two new species of Vanilla (Orchidaceae) in the Brazilian Atlantic Forest. PHYTOTAXA, v. 296, n. 1, p. 63-72, FEB 14 2017. Citações Web of Science: 3.
KRAHL, A. H.; KRAHL, D. R. P.; VALSKO, J. J.; WEBBER, A. C.; PANSARIN, E. R. Evidence of reward production and pollination by Centris in Encyclia (Orchidaceae: Laeliinae): the reproductive biology of Encyclia mapuerae. Australian Journal of Botany, v. 65, n. 3, p. 225-232, 2017. Citações Web of Science: 1.
PANSARIN, EMERSON R.; MACIEL, ARTUR A. Evolution of pollination systems involving edible trichomes in orchids. AOB PLANTS, v. 9, 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.