Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto, construção e avaliação de um equipamento piloto multifuncional destinado ao estudo das aplicações de micro-ondas nos processamentos de alimentos

Resumo

O uso de tecnologia de micro-ondas vem cada vez mais despertando interesse na indústria e na comunidade científica. Exemplos do uso de micro-ondas em processos na indústria de alimentos são variados: secagem, descongelamento, branqueamento, pasteurização e esterilização, extração, inativação enzimática, entre outros. Mais recentemente as micro-ondas têm sido associadas à tecnologia de geração de plasma não térmico, com aplicações potenciais contra os micro-organismos presentes em alimentos. Durante o aquecimento dielétrico, a distribuição do campo elétrico dentro de uma cavidade ocorre a partir de uma propagação multimodal, ocasionada por inúmeras reflexões provenientes das paredes metálicas da cavidade. Esta característica é um fator indesejado associado ao aquecimento por micro-ondas, pois as reflexões múltiplas geram volumetricamente regiões de maiores e menores intensidades de campos elétricos e, por consequência, um aquecimento não uniforme no produto. O objetivo desse estudo é o projeto e a construção de um sistema processador/secador multifuncional por micro-ondas (3 kW e 2,45 GHz), com cavidade de geometria prismática de seção sextavada que atenua as diferenças de intensidade dos campos elétricos. Trata-se de um projeto em desenvolvimento no Laboratório de Micro-ondas - Grupo de Engenharia de Processos - GEPC / ITAL, porém inicialmente com uma unidade aplicadora de escala laboratorial (700 W e 5,8 GHz). O novo projeto que está sendo proposto permitirá o estudo de tecnologias inovadoras por micro-ondas em frequência industrial (2,45 GHz), com possibilidade de extrapolação dos dados experimentais para processos da indústria de alimentos. Está previsto também o estudo com plasma gerado por micro-ondas, a partir da configuração do sistema provedor de micro-ondas, que neste caso será alterada para fornecer micro-ondas em onda estacionária mono-modo, para um aplicador do tipo universal no próprio guia de onda. Plasmas, em contraste com os processos térmicos tradicionais, podem inativar micro-organismos, incluindo esporos bacterianos, a temperaturas ambiente ou moderadamente elevadas, por tempos de tratamento curtos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (9 total):
Mais itensMenos itens
Revista Analytica online: Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional (14/Mai/2021)
Plantão News (MT): Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional (10/Mai/2021)
Notícias Agrícolas: Micro-ondas versátil: Tecnologia reduz aditivos e melhora qualidade do trigo nacional (07/Mai/2021)
Saense: Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional (05/Mai/2021)
Revista Amazônia: Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional (04/Mai/2021)
Quimiweb: Tecnologia reduz aditivos e melhora a qualidade do trigo nacional (04/Mai/2021)
Inova Unicamp: Micro-ondas versátil: Tecnologia reduz aditivos e melhora qualidade do trigo nacional (26/Abr/2021)
Investe São Paulo: Patentes de SP viabilizam reduzir e até eliminar uso de aditivos em grãos, cereais e farinhas por micro-ondas e plasma (12/Abr/2021)
Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SP) : Patentes de SP viabilizam reduzir e até eliminar uso de aditivos em grãos, cereais e farinhas por micro-ondas e plasma (12/Abr/2021)