Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de interação elétron-elétron em clusters de átomos metálicos e no estado de par de elétrons em um cristal bidimensional

Processo: 14/22092-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Brasil
Vigência: 05 de janeiro de 2015 - 19 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Hai Guoqiang
Beneficiário:Hai Guoqiang
Pesquisador visitante: Ladir Candido da Silva
Inst. do pesquisador visitante: Universidade Federal de Goiás (UFG). Instituto de Física, Brasil
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Correlação eletrônica  Estrutura eletrônica  Átomos  Elétrons  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O plano para a visita do pesquisador visitante é trabalhar em colaboração nos temas que estão sendo conduzidos entre os dois grupos ao longo dos últimos anos. Além dos trabalhos que fazem parte deste projeto como (1) clusters de Au dopado e (2) o mecanismo do emparelhamento de elétrons num cristal bidimensional, temos outros trabalhos em andamento bem adiantado, um deles trata-se do estudo das propriedades estruturais e termodinâmicas do grafeno via "Path Integral Monte Carlo" que deverá ser finalizado durante a visita do Prof. Ladir. Outro trabalho em andamento trata-se das interações entre uma impureza doadora e um gás de elétrons bidimensional. Neste trabalho, estamos estudando os estados localizados, a blindagem não-linear e os efeitos da correlação eletrônica neste sistema, este trabalho está também em fase de finalização.(1) Sobre o estudo de clusters de Au dopado, vamos primeiramente otimizar a geometria dos clusters de Au que deverão ser realizadas combinando métodos semi-empíricos e DFT. Cálculos de energia total para a análise da estrutura eletrônica serão realizados usando MCQ. Esperamos que até o início da visita tenhamos tais resultados já obtidos e validados, de tal forma que as atividades no IFSC já começe focada nas discussões dos resultados obtidos voltados para o entendimento do papel dos dopantes na estabilidade estrutural e magnetismo desses materiais.(2) Com respeito ao projeto relacionado ao mecanismo do emparelhamento de elétrons em cristal bidimensional parte dos cálculo para as auto-energias dos pares de elétrons neste sistema de muitos corpos com pares de elétrons (bosônicos) e elétrons únicos ou buracos (fermiônicos) em um potencial periódico 2D vem sendo realizado. Os cálculos requerem o conhecimento dos espectros das excitações coletivas desde sistema. Neste caso, já obtemos as equações necessárias para os cálculos numéricos. Outro ponto que deveremos gastar bastante tempo em discussões diz respeito a possibilidade de implementação de Monte Carlo quântico para este problema. (AU)