Busca avançada
Ano de início
Entree

CVT - Transmissão Continuamente Variável

Processo: 12/51357-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de dezembro de 2014 - 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Projetos de Máquinas
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:José Luis Bertazzoli
Beneficiário:José Luis Bertazzoli
Empresa:José Luís Bertazzoli - ME
Município: Americana
Bolsa(s) vinculada(s):16/14431-1 - CVT - Transmissão Continuamente Variável, BP.TT
16/14258-8 - CVT - Transmissão Continuamente Variável, BP.TT
15/19137-1 - CVT - Transmissão continuamente variável, BP.PIPE
15/15002-4 - CVT - Transmissão Continuamente Variável, BP.TT
15/18044-0 - CVT - Transmissão Continuamente Variável, BP.TT
Assunto(s):Elementos de máquinas  CVT  Geradores de energia  Aerogerador  Geração distribuída 

Resumo

O objetivo deste projeto é desenvolver a tecnologia da nova CVT, criada com auxílio do Programa PRIME da FINEP e disponibilizá-la no mercado de geradores eólicos, segundo as regras que entraram em vigor a partir de 17/abril/2012, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou as regras destinadas a Redução de Barreiras para Geração Distribuída de Pequeno Porte, Conectadas na Rede de Distribuição que incluem microgeração com até 100 kW de potência. A metodologia consiste em: 1) Melhorar o protótipo funcional existente, com a introdução de sistema de automação a ser projetado, composto por motor de passo (ou servo-motor), encoder instalado no eixo de saída, Driver, PLC, etc.; 2) Simular o acionamento da turbina eólica por meio de motor elétrico com inversor de frequência e 3) Instalar freio a disco acionado manualmente com o objetivo de simular as cargas do gerador; 4) Partindo do projeto conceitual existente e dos dados aferidos em bancada do protótipo funcional automatizado, elaborar projetos, especificações, simulação virtual de Mecânica, Automação e Sistemas de Potência, do modelo que foi definido na Estratégia de Marketing com potência nominal de 24 kW; 5) Fabricar e testar os protótipos cabeça de série, em dinamômetro a ser instalado no ITA e em campo, em parceria com os clientes e também no aerogerador de 24 kW desenvolvido e instalado no ITA. Espera-se com este Projeto de Pesquisa que: 1. A CVT substitua os sistemas de controle eletrônicos de frequência e tensão das fases, atendendo aos requisitos exigidos para interligação na rede de distribuição no ponto de consumo, quanto a parâmetros mínimos da energia elétrica gerada estabelecidos por norma, notadamente quanto ao tempo de resposta para correção de eventuais desvios. 2. A tecnologia do processo produtivo seriado a ser definida neste projeto de pesquisa, possibilite praticar preço de venda que confirme estimativa anterior, que aponta valores significativamente inferiores aos controles eletrônicos empregados hoje, estimados entre R$ 1.000,00 e R$ 1.200,00/kVA; 3. Confirme-se ganho de energia em 10% e comportamento estável da tensão e frequência, dentro dos limites adequados para a rede definidos pelos parâmetros da ANEEL, como concluiu a estratégia de controle adotada na dissertação "Estudo da Aplicação de Transmissão Continuamente Variável (CVT) em Geradores Eólicos de Médio Porte". (AU)