Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do processo de degradação do lixiviado via fenton e ozonização catalítica por equação diferencial estocástica

Processo: 14/21364-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Diovana Aparecida dos Santos Napoleão
Beneficiário:Diovana Aparecida dos Santos Napoleão
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Planejamento de experimentos  Fenton  Equações diferenciais estocásticas  Ozonização 

Resumo

A disposição dos resíduos sólidos no aterro sanitário de Cachoeira Paulista não pode ser considerada o ponto final do tratamento, pois a água oriunda da degradação dos resíduos e das chuvas, percola, originando o lixiviado (chorume). O lixiviado apresenta em sua composição altos teores de compostos orgânicos e inorgânicos, nas suas formas dissolvida e coloidal, liberados no processo de decomposição do lixo. Neste contexto, este trabalho tem como meta pesquisar o tratamento do lixiviado in natura do aterro sanitário de Cachoeira Paulista pelos processos oxidativos Fenton e Ozonização Catalítica que permitirão comparar e viabilizar os processos de degradação deste tipo de efluente considerado um grave problema de poluição ambiental. A avaliação de cada processo oxidativo será constituída de um planejamento de experimentos Fatorial Fracionado 2k-p na etapa do estudo exploratório e o Planejamento Composto Central, a partir do estudo exploratório, envolvendo alguns parâmetros específicos dos processos oxidativos selecionados para alimentar o estudo de otimização das condições do processo utilizando a Metodologia de Superfície de Resposta. Para os experimentos relacionados aos processos oxidativos via Fenton e Ozonização Catalítica será determinada a concentração de carbono orgânico total (TOC) e a relação de COT/DQO e para os experimentos otimizados serão analisados todos os parâmetros elucidados pelo Artigo 18 da CETESB e CONAMA. Na finalização do Projeto, pretende-se chegar a uma via otimizada, dentre os processos oxidativos de tratamento do lixiviado de Cachoeira Paulista, com relação ao custo/benefício mais viável. (AU)