Busca avançada
Ano de início
Entree

Assessing and guiding sustainability in Brazilian sugar cane production. (fapesp-imperial Collège London)

Processo: 14/50467-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2014 - 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Imperial College, Reino Unido
Pesquisador responsável:Carlos Clemente Cerri
Beneficiário:Carlos Clemente Cerri
Pesq. responsável no exterior: Jeremy Woods
Instituição no exterior: Imperial College London, Inglaterra
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/07276-6 - Emissões de N2O na produção de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil, AP.R
Assunto(s):Agronomia  Bioenergia  Cana-de-açúcar  Sistemas de produção integrados  Desenvolvimento regional  Ecossistemas  Agrossilvicultura 

Resumo

Novas demandas por áreas agrícolas e recursos para a produção de bioenergia podem acarretar na competição por terra e recursos que suportam a produção de alimentos, levando a um declínio na capacidade produtiva, dos serviços dos ecossistemas e da qualidade do ambiente. A implementação de sistemas integrados de cultivo agrícola e bioenergia com bases científicas poderia permitir a produção simultânea de alimentos, energia e o provisionamento de serviços ecossistêmicos. Como resultado, poderia elevar o potencial econômico das áreas de produção a médio e longo prazo incrementando o desenvolvimento regional. O objetivo da pesquisa colaborativa é avaliar a contribuição da cana para os serviços dos ecossistemas e do bem estar e desenvolver novas ferramentas de gestão de áreas de produção de cana-de- açúcar. Serão avaliadas três unidades de produção de açúcar e etanol da Raízen nos estados de São Paulo e Goiás. O projeto de intercâmbio implicará quatro tipos de atividades: (i) desenvolvimento de modelos, integração e refinamento: (ii) coleta e integração de dados empíricos; (iii) análise de dados; e (iv) divulgação de resultados e networking. Será composto por quatro missões (duas no Brasil e duas no Reino Unido) durante um período de 2 anos, em que os participantes deste projeto irão colaborar para a produção de artigos científicos. Esta pesquisa complementará projetos em andamento nas duas instituições parceiras. (AU)