Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ignição hipergólica do peróxido de hidrogênio com etanol cataliticamente promovido

Processo: 14/23149-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Propulsão Aeroespacial
Pesquisador responsável:Ricardo Vieira
Beneficiário:Ricardo Vieira
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos, SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas de propulsão  Satélites artificiais  Etanol  Etanolamina  Peróxido de hidrogênio 

Resumo

Este trabalho visa desenvolver uma base analítica e experimental de dados de um par hipergólico, com baixa toxicidade e elevada densidade de empuxo, constituídos, basicamente, de peróxido de hidrogênio (H2O2) concentrado (90%), como oxidante, e etanol promovido com diferentes materiais catalíticos, como combustível. Primeiramente, serão estudados os fatores físicos e químicos que influenciam o tempo de indução de propelentes líquidos hipergólicos. Em seguida será verificada a aplicabilidade da vaporização tradicional e as teorias de ignição para a indução de um combustível, promovido cataliticamente, com o H2O2. Será, então, elaborado um programa experimental para avaliar a velocidade de ignição de diferentes catalisadores e promotores dissolvidos em etanol, empregando imageamento em alta velocidade. Finalmente, os resultados analíticos e experimentais devem engendrar informações úteis para a fabricação e testes de um propulsor de 50 N, operando com um combustível à base etanol, cataliticamente promovido, e com H2O2 concentrado (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Propulsão verde 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Propulsão verde 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.