Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da genômica e proteômica para avaliação do efeito do estresse pré-abate na qualidade da carne de bovinos cruzados terminados em confinamento

Processo: 14/12492-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Joanir Pereira Eler
Beneficiário:Joanir Pereira Eler
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Pesq. associados:Alessandra Fernandes Rosa ; Júlio Cesar de Carvalho Balieiro ; Ricardo Vieira Ventura
Assunto(s):Bovinos de corte  Estresse em animal  Genômica  Proteômica  Qualidade da carne  Maciez da carne  Marcador molecular  Proteínas do choque térmico 

Resumo

Este trabalho tem como objetivo principal avaliar por meio das ferramentas genômica e proteômica a associação de marcadores moleculares com a qualidade da carne e às respostas fisiológicas ao estresse pré-abate de rebanho bovino comercial terminado em confinamento. Para tanto, serão analisadas amostras de carne e sangue de animais F1 oriundos de cruzamento de machos da raça Simental Sul Africano com fêmeas da raça Nelore. Serão coletadas amostras de sangue para análises endócrinas (cortisol e glicose) e genômicas, e ainda amostras do músculo Longissimus dorsi (LD), para análises de qualidade da carne e proteômicas, bem como quantificação das Heat Shock Proteins (HSP). As amostras do LD serão maturadas por zero e 14 dias e serão também determinadas à cor, às perdas de água por cocção e a força de cisalhamento (maciez) e % de lipídeos das carnes. A caracterização e determinação dos genótipos polimórficos (SNP) para os marcadores do gene da m-calpaína (CAPN 4751 e 4756), do marcador UOGCAST1, associado à calpastatina, do marcador TG5, associado à marmorização e dos marcadores HSPB1 e HSP 70 associados às Heat Shoeck Proteins (27 e 70), serão realizadas por meio de PCR em Tempo Real e a dosagem de glicose, cortisol e das Heat Shock Protein (27 e 70), será realizada com auxílio de kits imunoenzimáticos. As análises proteômicas serão realizadas através de eletroforese bi-dimensional com posterior identificação dos peptídeos por espectrometria de massa. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONSECA, LEYDIANA D.; ELER, JOANIR P.; PEREIRA, MIKAELE A.; ROSA, ALESSANDRA F.; ALEXANDRE, PAMELA A.; MONCAU, CRISTINA T.; SALVATO, FERNANDA; ROSA-FERNANDES, LIVIA; PALMISANO, GIUSEPPE; FERRAZ, JOSE B. S.; FUKUMASU, HEIDGE. Liver proteomics unravel the metabolic pathways related to Feed Efficiency in beef cattle. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, MAR 29 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.