Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficácia dos fármacos - corretor VX-809 e potenciador VX-770 - na função da proteína CFTR (cystic fibrosis transmembrane conductance regulator) em células primárias epiteliais respiratórias e intestinais de pacientes com fibrose cística

Processo: 14/14666-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Antonio Fernando Ribeiro
Beneficiário:Antonio Fernando Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Adyléia Aparecida Dalbo Contrera Toro ; Carmen Sílvia Bertuzzo ; Jose Dirceu Ribeiro ; Margarida Sofia Pereira Duarte Amaral
Assunto(s):Pediatria  Fibrose cística  Desenvolvimento de fármacos 

Resumo

A fibrose cística (FC) é uma doença autossômica recessiva letal, com manifestações clínicas que comprometem o sistema o digestivo, reprodutor e, principalmente, o respiratório. É causada por mutações no gene CFTR que codifica um canal de Cl- na membrana apical das células epiteliais. Já foram descritas cerca de 2000 mutações no gene CFTR sendo a F508del a mutação mais freqüente (aproximadamente 90% dos pacientes). No Brasil, porém, esta mutação é menos freqüente (cerca de 65%), ocorrendo mutações raras e formas atípicas da doença. A descoberta de compostos capazes de corrigir os defeitos do CFTR indica que o reparo de mutações específicas deste canal é possível e pode ser realizado tanto em relação ao DNA, RNA e, sobretudo, à proteína. Os fármacos VX-809 e VX-770 já se encontram em estudos clínicos em países desenvolvidos, com benefícios significativos aos pacientes. Nosso grupo de pesquisa é pioneiro na utilização de técnicas que auxiliam o diagnóstico diferenciado da FC (avaliação da taxa de suor detectada por Evaporímetro após estimulação ²-adrenérgica, e da secreção de Cl- mediada pelo canal CFTR em biópsias retais através de eletrofisiologia). Neste projeto, propomos avaliar a eficácia pré-clínica do VX-809 e VX-770 na população brasileira por meio de novas metodologias baseadas no cultivo e análise de células primárias respiratórias,estudo de biópsias intestinais, e na caracterização dos transcritos do CFTR. O conhecimento da eficácia destes fármacos pode direcionar suas utilizações em uma medicina personalizada. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.